Lei de Acesso à Informação completa 11 anos de sua implementação 

Compartilhe
PUBLICIDADE

Nesta terça-feira (16), a Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE) lembra os 11 anos de implementação da Lei de Acesso à Informação (LAI) no Brasil. A legislação estabeleceu o livre acesso a informações públicas, definindo como exceção apenas as informações que colocassem em risco a segurança nacional e de terceiros.

Nesses 11 anos de vigência da Lei de Acesso à Informação no Ceará, o Governo do Ceará tem garantido amplo acesso e disponibilidade às informações do Poder Executivo Estadual. Seja por meio dos Serviços de Informação ao Cidadão (SIC) dos órgãos, ou pelas ferramentas de transparência ativa, como os sites institucionais e a Plataforma Ceará Transparente.

Leia também: Secretaria De Saúde Da Paraíba Realiza Atualização Em Sistemas De Informação Da Imunização

Buscando dar mais efetividade a aplicação da lei federal, o Governo do Ceará sancionou, em 28 de junho de 2012, a Lei Estadual de Acesso à Informação, Lei nº 15.175. Desde que a legislação entrou em vigor, criando o Sistema Estadual de Acesso à Informação, até o último mês de abril, foram contabilizadas 345.016 solicitações de informação e mais de 10 milhões de acessos, sendo as consultas mais acessadas a de Servidores e Contratos com mais de 5 milhões de visualizações.

Leia também: Desinformação Permanente Prejudica De Políticas Públicas À Saúde Mental

Números

Em 2022, foram contabilizadas 73.026 solicitações de informação, número que representa um crescimento de 16% em relação a 2011, ano de publicação da Lei de Acesso à Informação. Entre os dois órgãos mais demandados em 2022 estão a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), com 2.315 demandas, e o Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran), com 1.154 solicitações.

Fonte: Governo do Estado do Ceará

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação

Jornal Contábil