Malha Fina: Veja como consultar e o que fazer

0

Depois de declarar o Imposto de Renda, a pergunta que fica é: “será que caí na malha fina?”

Caso tenha caído, não se preocupe, pois neste artigo você vai aprender como agir e o que fazer para resolver o mais rápido possível sua situação com o Fisco.

O fato de cair na malha fina é mais comum do que se pensa, afinal, para ser pego pelo Fisco, basta algum erro simples de digitação ou até mesmo uma informação incompleta.

Por isso, não se desespere caso tenha sido pego pelo pente fino do Leão, pois existem formas de solucionar as pendências e consertar todos os erros cometidos na declaração.

Como saber se caí na malha fina?

Antes de descobrir como solucionar esse problema, é preciso saber se você foi realmente pego pelo pente fino.

Para isso, siga os passos abaixo.

Como ver se caí na malha fina

No momento em que a Receita Federal liberar o último lote da restituição, caso o seu nome não conste na lista, isto já pode ser um aviso de que você foi pego pelo Leão.

Para consultar se caiu na malha fina, faça o seguinte:

1.  Acesse o portal do e-CAC (Centro Virtual de Atendimento da Receita Federal).

2.  Informe seu CPF e o código de acesso (explicamos como gerar o código, logo abaixo).

3.  No menu, procure pela opção “Meu Imposto de Renda (Extrato da DIRPF)”.

4.  Nesta aba, clique em “Processamento” e, depois, em “Pendência de Malha”.

5.  Ao clicar, você será informado da sua situação e qual o motivo pelo qual foi pego pelo Fisco.

Como gerar o código de acesso?

É possível gerar o código de acesso no próprio site da Receita Federal, informando seus dados:

O que fazer se cair na malha fina

Sem estes dados, você não consegue obter o código de acesso diretamente pelo site.

A segunda opção para conseguir o código de acesso é agendar um horário em um posto da RF e requisitá-lo pessoalmente.

Para mais informações, saiba que a Receita disponibiliza um manual passo a passo para que você tire suas dúvidas sobre o código de acesso e como gerá-lo.

Caí na malha fina e agora?

Depois de consultar a sua situação e ter a certeza de que caiu na malha fina, é necessário entender bem o motivo pelo qual sua declaração foi retida, pois é através do motivo informado que você saberá como agir e o que fazer quando se cai na malha fina.

Por exemplo, para quem cai na malha fina por conta de erros de digitação, falta de informação ou de documentos, existe uma solução fácil e rápida, que pode ser feita de maneira online.

Nessa hipótese, basta reunir os documentos ou corrigir os dados solicitados, apresentando uma declaração retificadora.

Vale lembrar que não existe nenhuma regra que determine a quantidade de declarações retificadoras que podem ser enviadas, ou seja, caso você envie uma retificação e sua declaração continue apresentando erros, você pode enviar uma segunda retificação, sem problema algum.

Já para quem é pego pelo Fisco por erros mais sérios, como omissão dos rendimentos de dependentes, despesas médicas ou deduções como de previdência privada e pensão alimentícia, por exemplo, a maneira de resolver a pendência não pode ser outra, senão uma visita agendada ao posto da RF mais perto de você.

agendamento pode ser feito pelo site, mas você também pode optar por agendar apenas depois de ser notificado pela Receita.

Por isso, a Leoa sugere que você procure o quanto antes a RF e resolva todas as pendências, sem a necessidade de uma notificação.

Afinal, você só recebe a restituição quando sua situação referente à malha fina estiver regularizada.

Dica Extra do Jornal Contábil: Aprenda a fazer Declaração de Imposto de Renda. Aprenda tudo de IR em apenas um final de semana

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber sobre IR. No curso você encontra:

Conteúdo detalhado, organizado e sem complexidade, videoaulas simples e didáticas,passo a passo de cada procedimento na prática. 

Tudo a sua disposição, quando e onde precisar. Não perca tempo, clique aqui e aprenda a fazer a declaração do Imposto de Renda.

Por Leoa

Leoa