var _comscore = _comscore || []; _comscore.push({ c1: "2", c2: "14194541" }); (function() { var s = document.createElement("script"), el = document.getElementsByTagName("script")[0]; s.async = true; s.src = (document.location.protocol == "https:" ? "https://sb" : "http://b") + ".scorecardresearch.com/beacon.js"; el.parentNode.insertBefore(s, el); })();

Medicamentos ficarão cerca de 5,5% mais caros a partir de 1º de abril

O reajuste acontece todos os anos no mês de abril

Compartilhe
PUBLICIDADE

Atenção consumidor, a partir de amanhã, sábado (01), os preços dos medicamentos vão subir. Segundo o sindicato da Indústria Farmacêutica, o reajuste esperado é de cerca de 5,5% podendo haver uma variação, pois o martelo não foi batido ainda.

Esse reajuste é anual, ele é definido basicamente pelo IPCA, que é o índice de preços ao consumidor amplo, além de outras características como concorrência e produtividade.

Leia Também: Proposta Estabelece Distribuição Gratuita De Medicamentos Para Depressão E Ansiedade

13.000 tipos de medicamentos serão impactados com esse reajuste, a entidade farmacêutica diz que essas empresas têm liberdade para fazer qualquer tipo de projetos e programas para repassar ou não o aumento.

Nos últimos 10 anos o aumento do preço dos medicamentos chegou a 76%. O reajuste anual é feito pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED), órgão ligado à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação

Jornal Contábil