Milhares de brasileiros têm dinheiro esquecido em bancos a receber

Segundo o Banco Central (BC), cerca de 28 milhões de pessoas e empresas possuem algum saldo para resgatar. Veja como consultar. 

Dentre os assuntos recentes de maior destaque, está o dinheiro esquecido em bancos por milhares de brasileiros, que por sua vez, já podem consultar e agendar o resgate dos valores. Conforme o divulgado pelo Banco Central, o montante total parado em instituições financeiras equivale a R$ 8 bilhões. 

Ainda segundo o banco, cerca de 28 milhões de usuários possuem alguma quantia para receber. Deste total, 26 milhões são pessoas físicas, e 2 milhões referem-se a empresas. 

Cabe destacar, que o dinheiro esquecido pode ser proveniente de diversos motivos, de modo que inclui valores referentes a: 

  • Contas corrente ou poupança encerradas com saldo; 
  • Cotas de capital; 
  • Valores de consórcio,
  • Tarifas cobradas indevidamente;
  • Entre outros. 

Consulta dos valores esquecidos 

Nesta primeira fase, estão disponíveis cerca de R$ 4 bilhões do total de R$ 8 bilhões, para consulta e o agendamento do resgate de 28 milhões de pessoas físicas e jurídicas. 

O banco informou que cerca de 10 milhões de usuários com direito ao montante esquecido ainda não acessaram a plataforma digital. Atualmente, a página já soma mais de 100 milhões de consultas.

A consulta para saber se há algum saldo para resgatar é feita na página do Sistema Valores a Receber (SVR) da seguinte maneira: 

  1. Acesse a página do Banco Central.
  2. Busque pela opção “Minha Vida Financeira!”;
  3. Clique em “Valores a Receber”;
  4. Em seguida, vá em “Consulta ao Relatório Valores a Receber”;
  5. Selecione a opção “Iniciar Consulta”; 
  6. Por fim, insira o número do seu CPF ou CNPJ, sua data de nascimento, e aguarde o resultado; 
  7. Em caso de positivo, será preciso acessar o portal oficial do Registrato, no intuito de saber quais são esses valores e em que banco eles se encontram. 

Lembrando que o BC estipulou um prazo para realizar a consulta, bem como agendar os saques do saldo esquecido. Confira o calendário de liberação disponibilizado pela instituição: 

Ano de nascimento ou de criação da empresaPeríodo para solicitar o resgate Data para repescagem (caso tenha extrapolado o prazo)
Antes 1968 De 07 a 11 de março12 de março
Entre 1968 e 1983De 14 a 18 de março19 de março
Após 1983De 21 a 25 de março26 de março

E se o titular tiver falecido?

No caso em que a pessoa com direito aos valores esquecidos já tiver falecido, ou de empresas que encerraram as atividades, a consulta bem como a retirada poderá ser realizada por terceiros legalizados. 

Nesta linha, a consulta já poderá ser realizada, todavia, o BC ainda não deu maiores detalhes a respeito do resgate do saldo. Contudo, o banco declarou que em breve trará mais informações sobre o assunto. 

“Em breve o Banco Central irá divulgar os procedimentos para consulta de Valores a Receber por terceiros legalmente autorizados (procurador, tutor, curador, herdeiro, inventariante ou responsável por menor não emancipado), nos casos em que o proprietário dos recursos não puder obter ‘login’ gov.br nível prata ou ouro” diz o Banco Central do Brasil.

Comentários estão fechados.