17°C 30°C
Uberlândia, MG
Publicidade

O FGTS como redutor da competitividade das empresas

O FGTS como redutor da competitividade das empresas

08/01/2017 às 06h26 Atualizada em 08/01/2017 às 08h26
Por: Ricardo de Freitas
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
A legislação trabalhista brasileira prevê que o funcionário dispensado pela empresa, sem justa causa, tem direito a receber uma multa no valor de 40%. A dispensa por justa causa ocorre quando o funcionário comete erros, não segue as regras estabelecidas, desrespeita a lei, prejudica os negócios da empresa, etc. Não atendendo nenhuma destas situações, e se a dispensa ocorrer por iniciativa da empresa, é considerada uma dispensa sem justa causa. Havendo dispensa sem justa causa, a legislação trabalhista brasileira determina que além dos direitos correntes, como salário, férias e décimo terceiro salários proporcionais, o empregador fica obrigado a pagar uma multa rescisória de 40% de todos os FGTS recolhidos. Para a empresa ainda há o ônus de recolher 10% do valor de todos os FGTS recolhidos para o governo. Assim, a empresa que, por ter cometido falhas no processo de seleção e contratou um funcionário que não atingiu o desempenho esperado, ou com perfil inadequado a vaga, ou, ainda, um funcionário que deixou de ser produtivo, é penalizada com o pagamento desta multa. Muitas empresas se obrigam a manter funcionários improdutivos ou não adaptados as necessidades da empresa por não terem condições de arcar com a multa caso demitam o funcionário. O governo sempre defendeu esta prática alegando ser em defesa do trabalhador, mas defender o trabalhador é criar uma situação onde haja empregos, assim, após uma demissão o trabalhador tenha facilidade em encontrar outro trabalho, e não penalizar o empregador com multas. Esta prática é uma maneira equivocada de garantir o trabalho ao trabalhador. O FGTS por si só já é uma maneira de encarecer a mão de obra, reduzindo a competitividades das empresas e a capacidade de novas contratações. O trabalhador deve ser protegido pelo Estado tendo oportunidades de qualificação e de emprego, e não ser protegido onerando as empresas. Flávio Cella via Administradores  
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
23°
Tempo limpo

Mín. 17° Máx. 30°

23° Sensação
2.57km/h Vento
49% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h35 Nascer do sol
05h44 Pôr do sol
Qua 29° 15°
Qui 29° 16°
Sex 30° 18°
Sáb 30° 17°
Dom 30° 16°
Atualizado às 20h07
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,12 +0,00%
Euro
R$ 5,56 +0,02%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,66%
Bitcoin
R$ 380,610,67 +0,78%
Ibovespa
127,411,55 pts -0.27%
Publicidade
Publicidade