17°C 28°C
Uberlândia, MG

Revisão da vida toda deve ser decidida neste próximo mês de agosto

Revisão da vida toda deve ser decidida neste próximo mês de agosto

29/07/2021 às 12h21 Atualizada em 29/07/2021 às 15h21
Por: Lucas Machado
Compartilhe:

Em breve, finalmente deve ser decidido a respeito da constitucionalidade da revisão da vida toda, proposta na qual solicita a inclusão das contribuições previdenciárias realizadas no período anterior a julho de 1994. Isto porque, mediante uma reforma, só são considerados os recolhimentos feitos após esse período, o que por sua vez diminui o valor da aposentadoria de alguns segurados. 

Continua após a publicidade

No atual momento a também chamada de revisão da vida inteira, está com a decisão referente a sua constitucionalidade empatada, de modo que possui 5 votos a favor e 5 contra. O processo, atualmente, está suspenso e deve retomar após o recesso do STF (Supremo Tribunal Federal). 

Neste sentido, a decisão deve ocorrer agora em agosto, visto que o pedido do ministro Alexandre de Moraes que suspende o julgamento e o recesso do STF chegam ao seu fim. Em outras palavras, tudo indica que a revisão terá uma decisão nos próximos dias. 

No que diz respeito ao atual empate na votação, durante o julgamento qualquer ministro pode alterar o seu voto, todavia, até o momento o processo segue com esse parecer prévio:

Designed by @chormail / freepik
Designed by @chormail / freepik

Ministros a favor da revisão 

Continua após a publicidade
  • Marco Aurélio; 
  • Edson Fachin;
  • Cármen Lúcia; 
  • Rosa Weber; 
  • Ricardo Lewandowski.

Ministros em divergência a revisão

  • Nunes Marques; 
  • Dias Toffoli; 
  • Roberto Barroso; 
  • Gilmar Mendes;  
  • Luiz Fux;

Lembrando que não são todos que se beneficiam com a revisão da vida toda, dado que por vezes a correção irá abaixar o valor da aposentadoria do segurado. Assim sendo, é preciso entender que, em resumo, existem três tipos de perfis os quais serão beneficiados. 

Neste sentido, segurados que realizaram poucos recolhimentos após 1994; quem recebia uma alta remuneração bem antes de 1994; e aqueles com baixos salários após 1994; poderão ser beneficiados com a revisão. 

Assim sendo, aposentados que tiveram uma redução no valor de seus benefícios, devido ao sistema de transição, podem possuir um novo cálculo mediante a inclusão de suas contribuições feitas, o que por sua vez, pode aumentar o valor da aposentadoria. 

Continua após a publicidade

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
18°
Parcialmente nublado

Mín. 17° Máx. 28°

18° Sensação
2km/h Vento
68% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h25 Nascer do sol
05h57 Pôr do sol
Qua 29° 18°
Qui 30° 18°
Sex 29° 18°
Sáb 29° 20°
Dom 29° 21°
Atualizado às 03h08
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,17 +0,04%
Euro
R$ 5,51 +0,04%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,43%
Bitcoin
R$ 363,472,81 -0,25%
Ibovespa
125,573,16 pts 0.36%