15°C 28°C
Uberlândia, MG
Publicidade

É possível acumular duas Aposentadorias do INSS?

É possível acumular duas Aposentadorias do INSS?

14/08/2021 às 05h00 Atualizada em 14/08/2021 às 08h00
Por: Leonardo Grandchamp
Compartilhe:
Photo by @pressfoto / freepik
Photo by @pressfoto / freepik

Assuntos relativos à Previdência Social sempre geram dúvidas entre os segurados. Também, não é para menos, pois há sempre mudanças e regras sendo alteradas. 

Em 2019, a previdência passou por uma reforma e muita coisa mudou. Um dos questionamentos é se, após essa reforma, é possível acumular duas aposentadorias? 

A resposta é afirmativa. Após a Reforma da Previdência  em 2019, o acúmulo de benefícios são regimes previdenciários distintos. Ainda está confuso? Vamos explicar. Continue conosco.

O que são regimes previdenciários diferentes?

  Acumular duas aposentadorias também é possível quando estas são de regimes previdenciários diferentes. Dois regimes diferentes, significa dizer quando provém de um regime público e outro particular. Por exemplo, um professor pode trabalhar na rede pública e também em uma escola particular. Ele terá direito a duas aposentadorias, a do INSS e a do município ou do estado. Podendo acumular, desta forma, as duas.

Benefícios que não podem ser acumulados

Contudo, saiba que há benefícios que não podem acumular: O doença + aposentadoria; aposentadoria e abono de permanência de benefício; salário-maternidade e auxílio-doença e duas pensões por morte deixadas por cônjuge, filhos ou pais.

Pensão por Morte antes da Reforma da Previdência

 Vamos falar sobre a pensão por morte. Antes da Reforma não havia cotas para a pensão por morte aos seus dependentes. O valor era de 100% da aposentadoria que a pessoa falecida recebia ou 100% do que seria a sua aposentadoria por invalidez.

Resumidamente, os segurados do INSS que já recebiam a aposentadoria com a pensão por morte, não terá a perda do benefício, pois o mesmo já tem o direito adquirido integralmente.

Também tem permissão a ambos os benefícios, o segurado que ainda não os recebeu até novembro de 2019 (data da Reforma da Previdência) e já tinham o direito de realizar a solicitação, mesmo que esta ainda não tenha sido feita na data atual.

Depois da Reforma da Previdência

Após a promulgação da Reforma da Previdência em novembro de 2019, quem não possuía o direito adquirido fica sujeito a uma série de restrições para ser possível cumular dois benefícios.

A nova regra diz que o acúmulo não pode ser integral, e sim proporcional. O salário mínimo sempre será garantido. Portanto, se vai se aposentar com o salário mínimo e está contribuindo com este valor, já está no caminho certo. Contudo, para cada situação é necessário ter atenção e ver se isso realmente vai acontecer.

Mas, caso os benefícios que serão acumulados tenham valores diferentes e superem o valor do salário mínimo, o beneficiário tem o direito de escolher o benefício mais vantajoso. Mas atenção! Sobre o de menor valor, será aplicado um percentual que vai variar de acordo com o valor do benefício.

Vejamos as regras:

  • Até um salário mínimo: parcela de 80%
  • De um a dois salários mínimos: parcela de 60%
  • De dois a três salários mínimos: parcela de 40%
  • De três a quatro salários mínimos: parcela de 20%
  • Acima de quatro salários mínimos: parcela de 10%

Após a Reforma da Previdência, ainda é possível acumular a aposentadoria e pensão por morte do INSS, no entanto, o benefício que tiver menor valor será reduzido proporcionalmente às regras anteriormente citadas.  A única exceção é se caso os dois benefícios sejam de um salário-mínimo cada, não caberá a redução.

Em caso de dúvidas, consulte um advogado especialista. O profissional poderá lhe orientar melhor.

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

ANA LUZIA RODRIGUES

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
24°
Tempo limpo

Mín. 15° Máx. 28°

24° Sensação
2.06km/h Vento
41% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h45 Nascer do sol
05h45 Pôr do sol
Seg 29° 16°
Ter 31° 16°
Qua 31° 17°
Qui 30° 17°
Sex 32° 18°
Atualizado às 19h06
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,81 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,13%
Bitcoin
R$ 363,716,78 -1,09%
Ibovespa
121,341,13 pts 0.74%
Publicidade
Publicidade