13°C 27°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Auxílio-doença: saiba quando o INSS pode deixar de pagar o benefício

Auxílio-doença: saiba quando o INSS pode deixar de pagar o benefício

20/09/2021 às 10h20 Atualizada em 20/09/2021 às 13h20
Por: Iana Filizola
Compartilhe:
Fonte: Google
Fonte: Google

É preciso se encaixar em todas as diretrizes estipuladas para a liberação das assistências, de tempos em tempos o INSS faz uma reavaliação dos benefícios disponibilizados. O chamado pente-fino verificará se os beneficiários ainda se encaixam nas disposições.

Continua após a publicidade

O auxílio-doença ou por incapacidade temporária é uma das assistências que exigem a reavaliação periódica, ele só é concedido até o momento em que contribuinte estiver incapacitado, assim que este estiver apto para voltar a realizar suas atividades o benefício deixa de ser pago. 

Assistência para incapacidade temporária

O auxílio é liberado para os trabalhadores que por algum motivo de doença ou acidente não conseguem realizar suas atividades laborativas comumente. O auxílio-doença é então disponibilizado para esses indivíduos se for atestada a incapacidade através da perícia médica. 

Contudo, é bastante fácil perder o direito a assistência, confira algumas das situações que podem fazer com que o contribuinte perca o benefício:

  • Falta de perícia médica — a perícia médica é um dos critérios, pode ocorrer do requerente se atrasar ou faltar a perícia, nesses casos é possível apresentar alguma justificativa para o reagendamento. Se a justificativa não for aceita, o requerente deverá dar início a um novo processo;
  • Barrado pelo pente-fino — em julho deste ano a Previdência Social começou a convocar os beneficiários que não se submeteram a perícia médica durante o ápice da pandemia de Covid-19 no Brasil. Cerca de 170 mil pessoas foram notificadas, caso seja avaliado que elas não estão aptas o benefício será cortado;
  • Problemas na documentação — documentação incompleta ou errada pode fazer com que o benefício seja cortado, é necessário verificar todos os documentos solicitados pelo INSS, assim como laudos e exames que atestem a incapacidade; 
  • Alta programada — o beneficiário poderá ter a data de retorno ao trabalho programada, nesses casos é avaliada a condição do requerente. Caso a doença exceda o  auxílio-doença, será necessário solicitar a renovação da assistência 15 dias antes de seu término;
  • Apto a retomar as funções laborais — existem casos onde o requerente é considerado apto a trabalhar, nessa situação não é concedido o benefício, o solicitante poderá recorrer se desejar;
  • Falta de contribuição mínima — é exigido pelo INSS pelo menos 12 contribuições, as exceções a regra são os requerentes que sofreram acidentes ou que possuírem doenças ocupacionais, ou graves;
  • Prisão — o contribuinte que vier a ser preso perderá o benefício, contudo, caso seja liberado e continue apresentando a incapacidade o benefício voltará a ser disponibilizado;
  • Recusa do laudo médico - nos casos onde o laudo apresentado está incompleto, com a falta do CRM do médico avaliador, a documentação poderá ser rejeitada. Isso pode ocorrer se o médico perito considerar a documentação inadequada ou incompleta;
  • Deixar de ser contribuinte - o benefício do INSS é concedido aos contribuintes, caso seja considerado que o beneficiário deixou de ser segurado a assistência deverá ser cortada;
  • Condição social do requerente - o auxílio-doença considera a incapacidade temporária, mas se o requerente achar que sua condição financeira é relevante é possível entrar com uma ação pelo Juizado Especial Federal. 

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Continua após a publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
16°
Tempo limpo

Mín. 13° Máx. 27°

15° Sensação
5.14km/h Vento
63% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h44 Nascer do sol
05h44 Pôr do sol
Qua 28° 15°
Qui 29° 16°
Sex 29° 16°
Sáb 29° 17°
Dom 31° 17°
Atualizado às 03h07
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,05%
Euro
R$ 5,83 +0,10%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,19%
Bitcoin
R$ 377,917,01 -1,23%
Ibovespa
119,137,86 pts -0.44%
Publicidade
Publicidade