15°C 26°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Aposentadoria por tempo de contribuição: Saiba mais sobre as regras de transição

Aposentadoria por tempo de contribuição: Saiba mais sobre as regras de transição

01/03/2022 às 09h30 Atualizada em 01/03/2022 às 12h30
Por: Esther Vasconcelos
Compartilhe:

Antes da Reforma da Previdência os trabalhadores que completavam o tempo necessário de contribuições ao INSS podiam se aposentar por Tempo de Contribuição.

Continua após a publicidade

Porém após a Reforma da Previdência 2019, esse benefício deixou de existir, mas não precisa se preocupar porque foram criadas as chamadas regras de transição.

As regras de transição foram criadas para não prejudicar aqueles que estavam próximos de se aposentar quando a reforma entrou em vigor.

Os trabalhadores que estão próximos de se aposentar poderão ser enquadrados em uma das regras de transição e se aposentarem por tempo de contribuição.

Regra por idade mínima 

  • Mulheres: 61 anos e seis meses com no mínimo 15 anos de contribuição. Até o próximo ano, a idade mínima subirá mais 6 meses chegando a 62 anos.
  • Homens: 65 anos e no mínimo 15 anos de contribuição

Regra de transição do pedágio de 100%;

Os requisitos para alcançar o direito à aposentadoria pela regra do pedágio 100% são:

Continua após a publicidade
  • 30 anos de contribuição para mulheres e 35 anos de contribuição para homens;
  • Idade mínima de 57 anos para mulheres e 60 anos para homens;
  • Pedágio adicional de 100% do tempo que faltava para completar o requisito de Tempo de Contribuição na data de início da vigência da EC 103/2019;

Regra de transição do pedágio de 50%;

Requisitos para os Homens:

  • 35 anos de tempo de contribuição;
  • cumprir um pedágio de 50% do tempo de contribuição que faltava no dia 13/11/2019 para completar os 35 anos de recolhimento.

Requisito para as mulheres

  • 30 anos de tempo de contribuição;
  • cumprir um pedágio de 50% do tempo de contribuição que faltava no dia 13/11/2019 para completar os 30 anos de recolhimento.

Regra de transição por sistema de pontos;

O trabalhador deve alcançar uma pontuação que resulta da soma de sua idade mais o tempo de contribuição.

O total da idade com o tempo de contribuição deve ser, pelo menos:

Continua após a publicidade
  • 99 pontos para homens e contribuição de no mínimo 35 anos
  • 89 pontos para mulheres e contribuição de no mínimo 30 anos

Outro detalhe importante é que a cada ano aumenta um ponto, chegando a 100 para mulheres (em 2033) e 105 para os homens (em 2028).

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
20°
Tempo nublado

Mín. 15° Máx. 26°

20° Sensação
5.66km/h Vento
77% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h37 Nascer do sol
05h43 Pôr do sol
Qua 27° 13°
Qui 29° 14°
Sex 29° 15°
Sáb 28° 18°
Dom 28° 17°
Atualizado às 14h07
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,16 -0,28%
Euro
R$ 5,60 -0,28%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,48%
Bitcoin
R$ 373,407,21 -1,91%
Ibovespa
123,574,51 pts -0.74%
Publicidade
Publicidade