19°C 29°C
Uberlândia, MG

Pejotização tende a se tornar mais comum nas relações de trabalho

Pejotização tende a se tornar mais comum nas relações de trabalho

02/03/2022 às 11h47 Atualizada em 02/03/2022 às 14h47
Por: Vanessa Marques
Compartilhe:

Contratar funcionários por meio de empresas das quais são donos (“pejotização”) não é uma forma de burlar a legislação trabalhista, como muitos imaginam. No entanto, é imprescindível que não esteja presente qualquer requisito de uma relação de emprego. 

Continua após a publicidade

Nesse sentido, a 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal concedeu, no início de fevereiro, por 3 votos a 2, permissão para o Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (BA) autorizar a contratação de médicos por intermédio de pessoas jurídicas. A anuência foi dada para o Instituto Fernando Filgueiras (IFF), entidade que gerencia uma unidade de pronto atendimento e quatro hospitais públicos na Bahia.

O Ministério Público moveu ação civil pública alegando que a contratação dos médicos pelo IFF frauda a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). No entanto, o advogado e especialista tributário, Dr. João Carlos Martins, afirma que a decisão do STF fortalece a pejotização legal, prática que recorre à contratação de pessoas jurídicas cadastradas no sistema de Microempresário Individual (MEI).

“Se o contratante seguir todas as normativas estabelecidas no artigo 3° da Consolidação das Leis do Trabalho, é difícil acreditar que o mesmo enfrente sanções trabalhistas. Em princípio, tal decisão do STF deve ser vista como um incentivo à pejotização legal e aos seus benefícios para o contratado”, reitera o advogado.

Diferente do trabalho formal, que estabelece uma condição de subordinação e é exercido por uma pessoa física, a Pessoa Jurídica (PJ) atua como exercício de uma função baseada em um contrato cível pré-estabelecido entre as partes. Dessa forma, há a inexistência de uma hierarquia na rotina de trabalho e maior autonomia ao contratado.

Continua após a publicidade

Normalmente utilizada como recurso para sanar deficiências pontuais nas empresas e corporações, a PJ se torna irregular pelo olhar jurídico quando a contratação abrange cargas horárias específicas, supervisão integral e a exigência da pessoalidade, ou seja, para camuflar uma relação de emprego. Para evitar possíveis transgressões às concessões trabalhistas, a CLT só permite que a contratação de pessoas jurídicas para cargos já existentes seja realizada 18 meses após a abertura do cargo.

Segundo o Dr. João Carlos Martins, a contratação por meio de PJ não deve ser vista pelos empregadores como uma forma de burlar a lei, pois oferece benefícios para ambas as partes. “A pejotização é um recurso legal que retira o vínculo empregatício do contratado, tornando-o responsável pelos próprios atos. Deve-se, portanto, ficar atento se não é uma oportunidade para o contratante não arcar com uma série de direitos trabalhistas que marcam uma relação de emprego. Nesse caso, as penalidades aplicadas aos infratores da lei tendem a ser muito severas”, conclui.

Sobre o Dr. João Carlos Martins - Administrador, Contador e Advogado, João Carlos Martins é também Diretor Contábil da Sena Martins, empresa especializada em consultoria administrativa financeira; Diretor Administrativo da Fênix Capital e Diretor Jurídico da João Carlos Martins Advocacia. Além de ser um dos nomes mais experientes no ramo de atuação, o especialista também se dedica a consultorias empresariais tanto no DF como em outras unidades da Federação.

Dica Extra: Você conhece os seus direitos trabalhistas?

Já sentiu em algum momento que você pode estar sendo passado pra trás pelo seu chefe ou pela empresa que te induz a aceitar situações irregulares no trabalho?

Sua dúvida é a mesma de milhares de pessoas. Mas saiba que a partir de agora você terá resposta para todas as suas dúvidas trabalhistas e saberá absolutamente tudo o que acontece antes, durante e depois de uma relação trabalhista.

Se você quer garantir todos os seus direitos trabalhistas como FGTS, adicionais, horas extras, descontos e saber como se posicionar no seu emprego sem ser mais obrigado a passar por abusos e ainda entendendo tudo que pode e que não pode na sua jornada de trabalho, clique aqui e saiba como!

Continua após a publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
21°
Parcialmente nublado

Mín. 19° Máx. 29°

21° Sensação
4.63km/h Vento
83% Umidade
37% (0mm) Chance de chuva
06h24 Nascer do sol
05h59 Pôr do sol
Dom 28° 20°
Seg 28° 18°
Ter 29° 20°
Qua 29° 20°
Qui 29° 18°
Atualizado às 09h11
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,20 +0,00%
Euro
R$ 5,55 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,55%
Bitcoin
R$ 352,777,75 -0,65%
Ibovespa
125,124,30 pts 0.75%