18°C 28°C
Uberlândia, MG
Publicidade
Anúncio

INSS: quem tem direito ao adicional de 25%?

INSS: quem tem direito ao adicional de 25%?

04/03/2022 às 01h37 Atualizada em 04/03/2022 às 04h37
Por: Jorge Roberto Wrigt
Compartilhe:

O adicional de 25% é concedido a pessoa que estiver incapacitada permanentemente de exercer suas funções laborais, ou seja, teve a concessão da aposentadoria por incapacidade permanente (antiga aposentadoria por invalidez). Para ter direito ao adicional, será necessário comprovar que o aposentado não consegue realizar sozinho (a) suas atividades diárias necessitando de ajuda de uma terceira pessoa.

Continua após a publicidade

Somente os aposentados pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) por invalidez poderão ter acesso ao adicional de 25% no valor de seus benefícios. Mesmo que a pessoa receba o teto do INSS terá direito ao adicional.

O adicional será recalculado sempre que a aposentadoria for reajustada;

Não será incorporado à pensão por morte, ou seja, o adicional será cortado pelo INSS após a morte do aposentado.

Caso o aposentado por invalidez possa voltar a trabalhar, sua aposentadoria será automaticamente cancelada, a partir da data do retorno.

Continua após a publicidade

Aposentadorias por invalidez que têm direito ao adicional de 25%

Cegueira total;

Perda de nove ou mais dedos das mãos;

Paralisia dos dois braços ou pernas;

Perda das pernas, quando a prótese for impossível;

Continua após a publicidade

Perda de uma das mãos e de dois pés, ainda que a prótese seja possível;

Perda de um braço e uma perna, quando a prótese for impossível;

Alteração das faculdades mentais com grave perturbação da vida orgânica e social, ou seja, dificuldade em organizar o pensamento, o raciocínio e a tomada de decisões para fazer as atividades de vida diária e sociais sozinho;

Doença que deixe a pessoa acamada;

Incapacidade permanente para as atividades da vida diária.

Nestes casos, o INSS irá conceder o adicional sem questionar.

 A aposentadoria por invalidez é garantida quando o trabalhador vinculado ao INSS sofre algum tipo de incapacidade permanente ou sem cura, que o impossibilite totalmente para o trabalho ou atividade laborativa que lhe garanta a sua subsistência.

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
19°
Parcialmente nublado

Mín. 18° Máx. 28°

19° Sensação
2.58km/h Vento
84% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h22 Nascer do sol
06h03 Pôr do sol
Seg 28° 20°
Ter 28° 19°
Qua 28° 20°
Qui 26° 20°
Sex 27° 19°
Atualizado às 03h08
Publicidade
Publicidade
Anúncio
Economia
Dólar
R$ 5,12 +0,00%
Euro
R$ 5,46 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,10%
Bitcoin
R$ 349,152,38 -3,85%
Ibovespa
125,946,09 pts -1.14%
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio