14°C 28°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Contabilidade: o que são os saldos iniciais e quando utilizá-los?

Contabilidade: o que são os saldos iniciais e quando utilizá-los?

12/03/2022 às 04h00 Atualizada em 12/03/2022 às 07h00
Por: Ana Luzia Rodrigues
Compartilhe:

Todo bom contador precisa ter uma base de conhecimento para atender bem aos seus clientes. Um dos conceitos contábeis mais relevantes para a formação do balanço patrimonial e outros relatórios são os saldos iniciais. Isso porque se não for feito corretamente, a empresa não conseguirá uma visão clara sobre sua situação real e poderá tomar decisões equivocadas financeiramente falando.

Na leitura a seguir vamos explicar o que são saldos iniciais, a importância de sua aplicação no balanço patrimonial, sua ligação com balanços de abertura, e mais. Acompanhe!

O que são saldos iniciais?

O saldo inicial é o somatório de valores que ficam disponíveis nas contas da empresa no momento de transição de um período contábil para outro, ou quando o negócio vai dar início às suas atividades. Na prática, o saldo inicial nada mais é do que o saldo final que precisa ser computado no calendário vigente.

Quando são utilizados os saldos iniciais?

As hipóteses em que são aplicados os saldos iniciais estão previstas nas Normas Brasileiras de Contabilidade de Auditoria Independente. 

De acordo com a norma, há três momentos relevantes em que os saldos iniciais são necessários. São eles:

  • durante a transição entre exercícios financeiros: a empresa finaliza um ano contábil com saldo em conta; os montantes são transferidos e transpostos ao exercício seguinte;
  • no começo das atividades da empresa: depois de registrar o instrumento que constitui a empresa, realiza-se a contabilização dos saldos iniciais. De forma geral, a origem dos saldos são o capital integralizado pelos sócios e os valores no caixa;
  • durante a transferência da contabilidade entre escritórios e empresas contábeis: durante a transferência da responsabilidade de escrituração para outros prestadores, quem assume a contabilidade deve fazer o registro dos saldos iniciais em seus sistemas.

O que é o balanço de abertura?

Outro conceito importante para a contabilidade, e que também está relacionado com os saldos iniciais, é o balanço de abertura. É uma medida adicional para a demonstração de regularidade contábil da empresa, já que o balanço de abertura se faz necessário quando a empresa  não mantém a correta escrituração das suas atividades ao longo dos anos.

Na prática, para inserir os saldos de abertura, a empresa necessita levantar dados como:

  • faturas pendentes;
  • extratos bancários;
  • saldo de estoque;
  • valores a serem pagos referentes a tributos e outras obrigações legais;
  • relatórios de bens do ativo imobilizados, entre outros.

O que é a contrapartida dos saldos?

A contrapartida dos saldos se refere a um lançamento contrário, de modo que haja um balanceamento dos valores. Sempre que houver o registro de um débito nas contas, deverá haver também o registro de um crédito — o que também funciona para a relação inversa.

O registro de qualquer transação da empresa gera um efeito duplo, ou seja, há uma quantia recebida e uma debitada, assim o total do crédito sempre será igual ao total do débito. Isso garante o equilíbrio entre os passivos e os ativos, permitindo que o balanço patrimonial seja mais seguro.

Imagine um exemplo que a empresa precisa repor o estoque com determinadas mercadorias no valor de R$ 8.000,00, ao adquirir o produto, o lançamento contábil será:

  • débito: estoque — R$ 8.000,00;
  • crédito: fornecedores — R$ 8.000,00.

Assim há um débito (acréscimo) ao estoque e na conta dos fornecedores um crédito (pagamento), ambos são dos mesmos valores e a soma é igual a zero. Utilizar o método das partidas dobradas é obrigatório para todas as entidades públicas e privadas do Brasil.

Qual a importância dessas atividades?

Conforme vimos na leitura acima, todas essas atividades mencionadas têm uma grande relevância na escrituração e rotina das empresas. Atualmente, devido às inúmeras exigências legais é preciso estar atento a todas as obrigações empresariais, mantendo os registros sempre em ordem.

E lembre-se que todo o balanço deve ser registrado no livro diário, assim como todas as relações, e documentos contábeis devem ser arquivados de maneira organizada e segura, estando sempre à disposição caso seja necessária a consulta em eventuais fiscalizações.

Por fim, conhecer os procedimentos que se relacionam com os saldos também é primordial para uma boa escrituração de seu negócio. 

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
19°
Tempo limpo

Mín. 14° Máx. 28°

18° Sensação
4.12km/h Vento
52% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h45 Nascer do sol
05h44 Pôr do sol
Sex 28° 15°
Sáb 28° 15°
Dom 30° 17°
Seg 31° 17°
Ter 31° 18°
Atualizado às 09h06
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,41 -0,90%
Euro
R$ 5,79 -1,14%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,55%
Bitcoin
R$ 378,497,98 +1,64%
Ibovespa
120,261,34 pts 0.53%
Publicidade
Publicidade