20°C 26°C
Uberlândia, MG

Como integrar o ESG no setor de logística

Como integrar o ESG no setor de logística

17/03/2022 às 14h48 Atualizada em 17/03/2022 às 17h48
Por: Leonardo Grandchamp
Compartilhe:
Imagem por @biancoblue / freepik
Imagem por @biancoblue / freepik

De acordo com um estudo feito em 2021, pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (IPESPE), mais de 75% dos brasileiros creem que a adoção do ESG deve ser prioridade para as empresas.

Continua após a publicidade

Na logística, setor que alcançou muita relevância no Brasil durante a pandemia, não tem sido diferente. O mercado tem exigido que os líderes adotem o ESG para tornar o ecossistema mais sustentável e receptivo para a sociedade.

No que diz respeito ao enquadramento nos padrões e métricas sustentáveis instituídos pela ONU, a logística pode fazer desde pequenas mudanças na conduta diária até grandes alterações no modelo de negócios. Neste aspecto, listo as principais formas de a logística integrar as políticas ESG:

Redução da pegada de carbono

Segundo um relatório do Sistema de Estimativas de Emissões e Remoções de Gases de Efeito Estufa (SEEG), o Brasil está presente na lista dos maiores emissores de gases do efeito estufa do mundo. A queima de combustíveis fósseis por veículos ocupa grande parte desse percentual.

Assim, a otimização da cadeia logística, que envolve soluções como roteirização, manutenção de frotas e implementação de pick-up points, auxiliam na redução da pegada de carbono, ajudando na desaceleração de problemas ambientais.

Continua após a publicidade

Uso de métricas de governança

Devido ao histórico de atividade informal do setor logístico no Brasil, as questões que envolvem governança são as mais desafiadoras para o segmento, mas, por meio da criação de métodos e direcionamentos da cultura para as práticas ESG, o setor torna-se cada vez mais apto para operar de acordo com as exigências governamentais e fiscais. 

Nesse aspecto, algumas soluções do mercado de envios têm ajudado os pequenos varejistas a iniciar operações online com escalabilidade e competitividade, podendo contar com o apoio de tecnologias de automatização que simplificam os processos.

Cuidado com pessoas e geração de emprego

A pandemia impôs novos desafios às empresas em relação à atenção com o bem-estar dos funcionários. Vale lembrar que o ESG não é importante só para atender a um padrão mundial de diretrizes, mas também para ensejar uma série de regalias para a logística, tais como a melhora da experiência de compra, transparência, regulamentação e desburocratização, geração de empregos, aprimoramento das condições de transportadores e ofertas de serviços mais competitivos. 

Além disso, o ESG proporciona mais responsabilidade aos desafios sociais, ambientais e de governança, valores que, ao meu ver, ganharão cada vez mais relevância, tornando-se diferenciais para os consumidores.

Continua após a publicidade

Por Stefan Rehm

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
22°
Parcialmente nublado

Mín. 20° Máx. 26°

22° Sensação
2.06km/h Vento
78% Umidade
100% (10.23mm) Chance de chuva
06h23 Nascer do sol
06h00 Pôr do sol
Sex 28° 18°
Sáb 28° 20°
Dom 27° 20°
Seg 27° 20°
Ter 28° 18°
Atualizado às 21h51
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,24 -0,03%
Euro
R$ 5,58 -0,07%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,43%
Bitcoin
R$ 339,281,25 -3,79%
Ibovespa
124,196,18 pts 0.02%