18°C 28°C
Uberlândia, MG
Publicidade
Anúncio

Dieese diz que salário mínimo deveria ser de R$ 6.388

Dieese diz que salário mínimo deveria ser de R$ 6.388

03/09/2022 às 21h55 Atualizada em 04/09/2022 às 00h55
Por: Jorge Roberto Wrigt
Compartilhe:

O salário mínimo segundo a Constituição deve atender as necessidades vitais básicas do trabalhador e às de sua família com moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social, com reajustes periódicos que lhe preservem o poder de compra. 

Continua após a publicidade

Atualmente o salário mínimo está no valor de R$ 1.212, mas de acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) o valor atual do mínimo deveria ser de R$ 6.388,55.

Segundo a economista do Dieese Mariel Angeli Lopes é impossível elevar, de uma vez só, o valor atual para o que seria ideal, porém ela disse que o piso salarial precisa ser revisto e corrigido acima da inflação. 

"A gente está em uma situação de carestia elevada. Então o trabalhador acaba sendo duplamente afetado. Ele tanto sofre com os custos e os preços altos dos alimentos, principalmente, mas também com um salário baixo, que não vem crescendo de modo expressivo nos últimos anos", apontou.

Na opinião da economista, existe uma maneira de resolver o problema em curto prazo. Ela sugere a definição de uma política pública para tentar controlar os preços de alimentos básicos. 

Continua após a publicidade

Para a economista isso seria bem diferente do que foi feito em 1980, quando houve o tabelamento de preços durante o governo do presidente José Sarney. Naquela época, o tabelamento não deu certo, desorganizou a economia e acabou provocando o desabastecimento. 

Ela acredita que algo deveria ser feito para que promovesse a redução de custos sem aumentar os riscos para a economia no futuro. 

"A gente observa que isso não é uma política pública, isso não é uma prioridade do governo. Então, acaba que fica muito difícil ter uma diminuição dos preços quando não há uma política nacional direcionada para isso. O trabalhador sofre duplamente. Não tem política de valorização do salário mínimo, ao mesmo tempo em que o preço dos alimentos sobe bastante", afirmou Mariel Angeli Lopes.

Governo prevê salário mínimo de R$ 1.302 em 2023

O Governo Federal enviou nesta quarta-feira (31) ao Congresso Nacional, o projeto da Lei Orçamentária de 2023, que prevê o valor do salário mínimo para 2023, que deverá ser de R$ 1.302, R$ 8 mais alto que o valor de R$ 1.294 aprovado na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

Continua após a publicidade

Esse será o quarto ano seguido sem reajuste real. O salário mínimo deve manter o poder de compra do trabalhador como determina a Constituição. Para reajustar o salário, a equipe econômica do governo usa como base o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano atual para corrigir o salário mínimo do Orçamento seguinte.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
20°
Tempo limpo

Mín. 18° Máx. 28°

20° Sensação
3.09km/h Vento
83% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h22 Nascer do sol
06h03 Pôr do sol
Seg 28° 20°
Ter 28° 19°
Qua 28° 20°
Qui 26° 20°
Sex 27° 19°
Atualizado às 06h08
Publicidade
Publicidade
Anúncio
Economia
Dólar
R$ 5,12 +0,00%
Euro
R$ 5,46 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,10%
Bitcoin
R$ 347,728,00 -4,25%
Ibovespa
125,946,09 pts -1.14%
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio