19°C 32°C
São Paulo, SP
Publicidade

Política monetária contracionista: Confira quais são as principais

Política monetária contracionista: Confira quais são as principais

22/09/2022 às 13h13 Atualizada em 22/09/2022 às 16h13
Por: Esther Vasconcelos
Compartilhe:

Política monetária contracionista é o conjunto de políticas que tem como objetivo principal conter o avanço da inflação, através do uso dos instrumentos de política monetária. Ou seja, a política monetária contracionista serve para diminuir o avanço da inflação.

Normalmente, ela é usada nos períodos em que o país passa por um período de crescimento, economia muito aquecida e alto consumo. Na prática, essa política representa um conjunto de medidas tomadas pelo Banco Central. Confira quais são as principais delas:

Depósito compulsório

O depósito compulsório é um instrumento do Banco Central para garantir a segurança do sistema financeiro. Essa medida obriga os bancos e instituições financeiras a depositarem parte dos recursos captados dos clientes, via depósitos à vista, a prazo ou poupança, em uma conta do Banco Central.

A política do compulsório consiste em estabelecer uma taxa de depósito compulsório para grande parte das aplicações e recursos que um banco possuir.

Open Market

As operações de Open Market, que em tradução literal significa “mercado aberto“, são transações que fazem parte da política monetária, de modo a expandir ou contrair a quantidade de moeda de um país. 

Elas ocorrem quando o Banco Central realiza a compra ou venda de títulos de dívida pública para bancos comerciais, como mencionado acima. Entre os principais objetivos do Open Market estão: 

  • Controle diário da circulação da moeda brasileira na economia
  • Criação de liquidez para os títulos públicos; 
  • Controle da taxa de juros de curto prazo; 
  • Negociação de títulos de dívida pública. 

Depósito compulsório

O depósito compulsório, também conhecido como recolhimento compulsório, é um dos instrumentos da política monetária. Através desse mecanismo, o Banco Central retém uma parte do dinheiro da economia por meio dos bancos comerciais.

O depósito compulsório funciona como um mecanismo utilizado pelo Banco Central para que a política monetária do país seja cumprida. Portanto, parte do dinheiro que é depositado nos bancos comerciais, devem obrigatoriamente ser destinado ao Bacen. 

O recolhimento compulsório é um instrumento importante, pois está relacionado à política monetária do país e ao controle da inflação. O recolhimento compulsório é importante para aliviar os momentos de crise econômica.

Redesconto

O redesconto bancário é uma medida em que o Banco Central empresta dinheiro aos bancos comerciais, quando estes se encontram com poucos recursos.

A medida faz parte da política monetária do Banco Central (Bacen), que procura controlar a oferta de moeda na economia. A taxa de redesconto é a taxa de juros que o Banco Central cobra quando empresta recursos aos bancos comerciais.

A taxa de redesconto atual é igual a Selic + 6% a.a. para operações de um dia, 4% a.a. para operações de até 15 dias ou 2% a.a. para operações de até 90 dias.

Pelo compulsório, o Banco Central obriga os bancos a depositarem parte do dinheiro depositado por clientes, em uma conta de reserva.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
São Paulo, SP
22°
Tempo limpo

Mín. 19° Máx. 32°

22° Sensação
2.06km/h Vento
81% Umidade
40% (1.91mm) Chance de chuva
06h03 Nascer do sol
06h32 Pôr do sol
Ter 31° 20°
Qua 26° 20°
Qui 27° 20°
Sex 28° 21°
Sáb 29° 21°
Atualizado às 04h09
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 4,95 -0,06%
Euro
R$ 5,38 +0,13%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,26%
Bitcoin
R$ 342,096,72 +3,66%
Ibovespa
129,180,37 pts 0.12%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade