18°C 28°C
Uberlândia, MG
Publicidade
Anúncio

Principais tipos de remuneração: características

Principais tipos de remuneração: características

12/10/2022 às 16h00 Atualizada em 12/10/2022 às 19h00
Por: Angélica Flor
Compartilhe:

Legalmente, existem algumas formas de remunerar um profissional pelo trabalho realizado ou pelos serviços prestados de forma autônoma. 

Continua após a publicidade

Ao firmar um contrato, ambas as partes, empregador e empregado, devem estabelecer um tipo de remuneração a ser pago, podendo ser por mês, horas, comissões, dia ou por tarefas, com regras, normas e características próprias. 

Hoje você vai entender o conceito de remuneração e os principais tipos de remuneração existentes no mercado. 

O que é remuneração?

Remuneração é a totalidade dos rendimentos (valor) que um empregado recebe decorrente de sua relação de trabalho pré-estabelecido.

Diferente do salário, que é um valor previsto em CLT, especificado em carteira e no contrato de trabalho, a remuneração é a soma de todos os benefícios que o colaborador recebe na empresa.

Continua após a publicidade

Em resumo, todos os rendimentos que um funcionário recebe são chamados de remuneração. 

Principais Tipos de Remuneração: 7 exemplos

1.Remuneração Variável

A remuneração variável é uma forma de complementar o valor final recebido pelo colaborador a partir de metas e regras pré-estabelecidas. 

Esse tipo de remuneração, como o nome já sugere, não é fixa. Esse é um modelo muito utilizado por equipes de vendas para impulsionar o setor e aumentar o alcance de metas dos vendedores.

O valor pode alternar de acordo com o desempenho do colaborador. 

Continua após a publicidade

2.Remuneração - Salário Indireto

O salário indireto está relacionado a todos os benefícios que a empresa oferece para os seus colaboradores, somados ao salário fixo.  

Benefícios como plano de saúde, vale-transporte, vale-gasolina, vale-alimentação, vale-refeição, auxílio-creche, vale-cultura, vale-academia, entre outros, se enquadram no valor de remuneração. 

3.Remuneração Funcional

A remuneração funcional, popularmente conhecida como Plano de Cargos e Salários, é paga a partir das funções dos colaboradores, com base nas tarefas desenvolvidas e no nível de responsabilidades. 

Por meio dessa estratégia, a empresa implementa um plano de salários justo, imparcial e burocrático, proporcionando um crescimento acelerado de acordo com o desenvolvimento, performance e habilidades de cada colaborador. 

4.Remuneração por habilidades 

A remuneração por habilidade exige técnica, visão estratégica e conhecimento profundo por parte dos profissionais.

Esse tipo de remuneração é criada em cima do conhecimento individual do colaborador, levando em conta seu tempo de experiência, graduação, cursos, especializações, nível de idiomas e softwares dominados. 

A remuneração por habilidade permite a valorização do profissional e estimula as equipes a buscarem aperfeiçoamento e desenvolvimento contínuo, resultando em ganhos significativos. 

5.Remuneração por comissão 

A remuneração por comissão  é uma forma de pagamento comum em equipes comerciais, onde o empregador remunera o empregado a partir das vendas efetivadas, com um determinado percentual em cima de cada venda. 

O comissionamento pode ser puro ou misto. No primeiro caso a comissão substitui o salário-base, embora, exista um valor mínimo garantido por lei para que o vendedor

receba o mínimo da sua categoria. 

No segundo caso, a comissão é somada ao salário-fixo base, podendo variar de acordo com as vendas efetivadas. 

6.Remuneração PLR - Participação nos Lucros ou Resultados 

A Participação nos lucros da empresa é uma negociação entre empresa e empregados que define valores a serem pagos aos colaboradores ao atingirem metas anuais. 

Esses valores podem variar de acordo com o resultado alcançado. 

A PLR é regulamentada por lei e prioriza o que todos tenham a chance de serem remunerados de acordo com os resultados da organização. 

7.Remuneração - Participação Acionária 

Esse é o tipo de remuneração muito usada para cargos de gestão. A participação acionária está baseada no oferecimento de uma fração ou porcentagem da empresa para o funcionário, mesmo que em pequena escala. 

Ela pode ser realizada através de quotas ou ações, o que vai depender do tipo de sociedade.

Dessa forma, o profissional pode receber dividendos ou lucrar futuramente com a venda do título financeiro. Logo possui um benefício extra. Mas sempre estará condicionado ao resultado da organização.

Evite erros no Departamento Pessoal – Especialize-se agora! 

O profissional de DP é o grande responsável pelas rotinas e processos administrativos envolvidos no quadro de colaboradores.

Seu objetivo é garantir o cumprimento da Legislação Trabalhista e Previdenciária na relação entre a empresa e seus funcionários, evitando assim falhas nos processos. Domine todos os processos de Departamento Pessoal e aprenda na prática como realizá-los. Conheça o curso DP NA PRÁTICA

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
20°
Tempo limpo

Mín. 18° Máx. 28°

20° Sensação
3.09km/h Vento
83% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h22 Nascer do sol
06h03 Pôr do sol
Seg 28° 20°
Ter 28° 19°
Qua 28° 20°
Qui 26° 20°
Sex 27° 19°
Atualizado às 06h08
Publicidade
Publicidade
Anúncio
Economia
Dólar
R$ 5,12 +0,00%
Euro
R$ 5,46 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,10%
Bitcoin
R$ 348,980,66 -3,90%
Ibovespa
125,946,09 pts -1.14%
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio