Quinta, 29 de Fevereiro de 2024
23°

Tempo nublado

Uberlândia, MG

Dólar com.

R$ 4,97

Euro

R$ 5,39

Peso Arg.

R$ 0,01

Anúncio
INSS Principais

Principais mudanças para a aposentadoria em 2023

Principais mudanças para a aposentadoria em 2023

23/11/2022 13h02 Atualizada há 1 ano
0
Por: Ana Luzia Rodrigues

A partir do dia 1º de janeiro de 2023 tem início algumas novas regras de aposentadoria para homens e mulheres. Estas normas de transição são consequência da Reforma da Previdência, de 13 de novembro de 2019. A lei  gerou uma série de mudanças significativas para o requerimento da aposentadoria junto ao INSS, principalmente no que diz respeito à idade mínima e tempo de contribuição.

 Por isso, quem deseja se aposentar no próximo ano, deve estar atento aos novos números. Mais importante ainda é que essas inovações já vêm ocorrendo gradativamente.

Em 2023, a aposentadoria por idade para mulher, por exemplo, já tem alterações. Veja a seguir na leitura o que vai ocorrer a partir de janeiro. Acompanhe!

Novas regras da aposentadoria 2023 

Antes de mais nada, é importante falar a respeito das regras de transição. Isso ocorre porque elas mudam de tempos em tempos, o que significa que as regras que valeram em 2022 não serão as mesmas para 2023. Por essa razão, é preciso estar por dentro das alterações e das regras completas.

De modo geral, as regras de transição abrangem cinco modalidades: por pontos, por tempo de contribuição, idade progressiva, pedágio de 50% e pedágio de 100%. 

Todavia, somente as três primeiras passam por mudanças; as últimas duas permanecem iguais.

Leia também: INSS libera novas regras para quem vai se aposentar em 2023

Quais são as alterações nas regras da aposentadoria?

Em primeiro lugar, vamos abordar a regra de aposentadoria por pontos.

Aposentadoria por Pontos

Nesse sentido, ela diz respeito a qual deve ser o número de pontos que um segurado precisa ter para se aposentar. Nessa regra é somada a idade com o tempo de contribuição para a Previdência. Para 2023, o homem deverá ter uma soma de 100 pontos, enquanto as mulheres deverão ter 90.

Ou seja, o homem deverá ter no mínimo 35 anos de contribuição e as mulheres, 30. Essa regra terá alterações todos os anos, até que os homens atinjam 105 pontos em 2028 e as mulheres, por sua vez, atinjam 100 pontos até 2033.

Aposentadoria por Tempo de Contribuição

Por outro lado, a aposentadoria por tempo de contribuição vale para aqueles trabalhadores da iniciativa privada, exclusivamente. Para 2023, os homens devem ter idade mínima de 65 anos e contribuição de no mínimo 15 anos. Por sua vez, as mulheres devem ter no mínimo 15 anos de contribuição e 62 anos de idade. Sim, aumentou gradativamente a idade para as mulheres.

Aposentadoria por Idade progressiva

Por fim, quanto às regras para a idade progressiva. Elas também mudaram todos os anos. O objetivo é de que até 2027 a idade para os homens atinja 65 anos e até 2031 ela chegue a 62 anos para as mulheres. 

No ano que vem, os homens deverão ter idade mínima de 63 anos, além de 35 de contribuição. Para as mulheres, a idade para ter direito a aposentadoria será de no mínimo 58 anos, além de 30 anos de contribuição à Previdência.

Como fazer o pedido de aposentadoria?

O pedido de aposentadoria pode ser feito pela Central de Atendimento, telefone 135, de segunda a sábado, das 7h às 22h. Mas, se preferir, pode solicitar pelo site ou aplicativo Meu INSS, através do seguinte passo a passo:

  • Acesse o site  Meu INSS;
  • Informe seu CPF e senha cadastrada no Gov.br;
  • Clique na opção “Novo pedido”;
  • Digite aposentadoria na barra de pesquisa;
  • Em seguida, clique no tipo de benefício que deseja solicitar;
  • Lei o texto e avance conforme as instruções;
  • Feito o pedido, você pode ainda anexar documentos.

Leia também: Mulheres só vão poder se aposentar em 2023. Veja as regras

Conclusão

Portanto, se você está com o propósito de se aposentar, é vital que procure um bom advogado especializado em previdência que seja capaz de lhe auxiliar em todo o processo.

Dessa forma, ele será capaz de entender melhor a sua condição, bem como buscar a alternativa mais propícia para o seu caso.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.