15°C 28°C
Uberlândia, MG
Publicidade

EUA restringe imigrantes e promete barrar imigrantes ilegais

EUA restringe imigrantes e promete barrar imigrantes ilegais

06/01/2023 às 16h47 Atualizada em 06/01/2023 às 19h47
Por: Esther Vasconcelos
Compartilhe:

Nesta quinta-feira (5), o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou, que vai utilizar restrições para barrar cubanos, haitianos e nicaraguenses que cruzarem a fronteira dos EUA com o México de forma ilegal.

Continua após a publicidade

Essa já era uma medida já usada para impedir que venezuelanos entrem no país. O presidente Biden, pediu para os imigrantes "Não venham à fronteira" sem um procedimento legal.

Leia Também: Guerra na Ucrânia: Putin ordena cessar fogo de dois dias

Restrição para imigrantes

A partir de agora o governo americano aceitará 30 mil pessoas por mês destes país: Cuba, Haiti, Nicarágua e Venezuela, segundo uma política pactuada com o México.

Esta restrição durará por dois anos, e oferecerá a possibilidade de trabalho regularizado, porém tudo dependerá do estado em que a pessoa se encontra, o individuo deve estar legal, ter patrocinador e passar por verificações e checagens de antecedentes.

Continua após a publicidade

De acordo com o presidente americano, nos últimos anos milhares de pessoas fugiram dos governos ditadoras Américas Central e do Sul, dos países do Caribe, "governados por ditadores opressivos, inclusive Cuba, Nicarágua, Venezuela", e para "escapar da violência das gangues, que têm o mesmo impacto, no Haiti", afirmou.

dos quatro países por dois anos e oferecerá a possibilidade de trabalho regularizado, desde que entrem legalmente, tenham patrocinadores e passem por verificações e checagens de antecedentes.

Leia Também: Saiba quais serão as primeiras viagens internacionais de Lula como presidente

Punições contra imigração irregular

O governo tem a ideia de endurecer as punições contra casos de migração irregular, outra proposta do governo é ampliar o “Título 42”, que nada mais é que uma lei que autoriza autoridades federais de saúde a proibir entrada de imigrantes em caso de possíveis propagações de doenças.

Continua após a publicidade

Porém, ainda é preciso de uma sentença da Suprema Corte. Todas essas medidas, tem o objetivo de que os números de pessoas que atravessam a fronteira ilegalmente aumente.

Esses quatro países são os que mais migram ilegalmente para os Estados Unidos, em novembro houveram 82.286 impedimentos de imigrantes ilegais de entrar no país.

Segundo Biden os cidadãos americanos têm o direito de verificarem os antecedentes criminais dos que chegam de fora. Ele afirma que os Estados Unidos é a terra da liberdade e das oportunidades e por isso tantas pessoas tentam entrar no país.

Biden, afirma estar ciente que a nova política não resolve o problema na fronteira, isso porque "mais de 7.000 detenções de traficantes de pessoas" aconteceram nos últimos meses. Porém, esse é um processo mais "seguro e humano".

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
20°
Tempo limpo

Mín. 15° Máx. 28°

20° Sensação
3.09km/h Vento
56% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h35 Nascer do sol
05h44 Pôr do sol
Sex 30° 18°
Sáb 31° 18°
Dom 30° 18°
Seg 30° 17°
Ter ° °
Atualizado às 23h07
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,15 -0,02%
Euro
R$ 5,58 -0,02%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,19%
Bitcoin
R$ 379,241,29 +0,31%
Ibovespa
125,650,03 pts -1.38%
Publicidade
Publicidade