14°C 28°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Quem ganha um salário e meio está obrigado a declarar o IR 2023

Quem ganha um salário e meio está obrigado a declarar o IR 2023

12/01/2023 às 10h43 Atualizada em 12/01/2023 às 13h43
Por: Ricardo
Compartilhe:

Devido à defasagem na tabela do Imposto de Renda, os brasileiros que atualmente ganham apenas um salário mínimo e meio por mês estarão obrigados a declarar o Imposto de Renda de 2023.

O aumento da inflação e a falta de correção na tabela do Imposto de Renda, obrigará os brasileiros de baixa renda a serem obrigados a pagar o tributo neste ano.

Com base no novo salário mínimo de 2023, no valor de R$ 1.302, os trabalhadores que ganham acima de R$ 1.903,99 já estão obrigados a declarar o Imposto de Renda, ou seja, até mesmo quem ganha um pouco menos de um 1,5 salários deverá prestar contas com o leão.

Conforme dados do sindicato dos auditores da Receita Federal (Sindfisco), a isenção do tributo beneficiava quem recebia até nove salários mínimos em 1996, já para 2023, beneficiará somente quem ganha até 1,46 salários.

Defasagem na tabela do Imposto de Renda

A defasagem na tabela do Imposto de Renda significa o quanto a isenção está abaixo do ritmo da inflação que ano após ano cresce exponencialmente no Brasil, ao ponto de bater um recorde de 148,1% de defasagem no ano passado.

Caso a tabela do Imposto de Renda fosse corrigida considerando as perdas inflacionárias, hoje, estaria isento todos os brasileiros que ganham até R$ 4.683,95, ou seja, haveriam mais de 13 milhões de contribuintes beneficiados com a correção.

Atualmente, mais de 37,992 milhões de contribuintes vão precisar declarar o Imposto de Renda, contudo, caso a tabela fosse corrigida integralmente, somente 11,541 milhões de brasileiros estariam obrigados a declarar.

Dessa forma, mais de 18 milhões de contribuintes que este ano estão obrigados a declarar o Imposto de Renda estariam isentos caso houvesse a correção integral em 2023.

Todavia, o grande problema é que corrigir a tabela do Imposto de Renda integralmente derrubaria a arrecadação de R$ 328,56 bilhões para “apenas” R$ 144,27 bilhões no ano.

Promessa de campanha

Durante a campanha eleitoral do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi prometido que a tabela do Imposto de Renda seria corrigida acima da inflação, subindo dos atuais R$ 1.903,98 para R$ 5 mil.

No entanto, Fernando Haddad, ministro da Fazenda, que já está sendo bastante pressionado para apresentar medidas que contribuam com a melhora do cenário fiscal, sinalizou que a equipe do governo focará em reforma de impostos indiretos.

Dessa forma, uma possível reformulação do Imposto de Renda e consequente tabela deve ser um assunto que entrará em voga apenas a partir de 2024.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
21°
Tempo limpo

Mín. 14° Máx. 28°

21° Sensação
3.09km/h Vento
52% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h45 Nascer do sol
05h44 Pôr do sol
Dom 29° 15°
Seg 30° 17°
Ter 31° 17°
Qua 30° 17°
Qui 31° 17°
Atualizado às 22h06
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,81 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,13%
Bitcoin
R$ 370,847,71 +0,84%
Ibovespa
121,341,13 pts 0.74%
Publicidade
Publicidade