20°C 29°C
Uberlândia, MG

Lula se reúne com Haddad para discutir volta de impostos sobre a gasolina

Lula se reúne com Haddad para discutir volta de impostos sobre a gasolina

25/02/2023 às 22h57 Atualizada em 26/02/2023 às 01h57
Por: Jorge Roberto Wrigt
Compartilhe:

A gasolina e o etanol devem subir de preço a partir de março, depois que acabar o prazo de isenção dos tributos federais sobre esses combustíveis, que termina no dia 28 de fevereiro.

Continua após a publicidade

O assunto vai ser a discussão principal da reunião que irá acontecer nesta segunda-feira (27), entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, e o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates. A reunião acontece um dia antes do final do vencimento da desoneração da gasolina.

Fernando Haddad já se mostrou favorável à volta da cobrança de impostos federais sobre a gasolina e o etanol. O problema está na área política do governo que deseja manter o imposto zerado. Caberá a Lula decidir a quem vai atender, a equipe econômica ou aos políticos.

Para Haddad, o fim da desoneração na gasolina e etanol, aumentará a arrecadação em R$ 28,9 bilhões em 2023.

De acordo com a Medida Provisória (MP), a volta dos impostos federais sobre a gasolina deve acontecer no início de março, enquanto o diesel deve ser reonerado apenas no ano que vem.

Continua após a publicidade

Leia Também: Ninguém Acerta A Seis Dezenas Da Mega-Sena E Prêmio Acumula Em R$ 9 Milhões

Preço da gasolina

O Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE) realizou um levantamento onde calculou, no início de janeiro, um impacto de 0,69 centavos por litro no caso de reoneração dos impostos federais para a gasolina. Esse aumento nos combustíveis pode pressionar a inflação.

Para a associação,  a inflação de março pode fechar o mês com alta de 1% se a gasolina for, de fato, reonerada.

Leia Também: Formas De Pagamento: Conheça As Nove Principais Para Seu Negócio!

Continua após a publicidade

Ala política

O desejo da ala política em manter isenção dos tributos federais sobre esses combustíveis, pode enfraquecer ainda mais o ministro da Fazenda.

O Partido dos Trabalhadores (PT) também tem se manifestado sobre o assunto através de sua presidente, Gleisi Hoffmann. Ela, numa postagem no Twitter, disse que, antes de falar em retomar a cobrança de tributos sobre combustíveis, “é preciso definir uma nova política de preços da Petrobras”. A mudança na política da estatal precisa ser avaliada pelo conselho da empresa.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
20°
Tempo nublado

Mín. 20° Máx. 29°

20° Sensação
2.37km/h Vento
79% Umidade
73% (0.47mm) Chance de chuva
06h23 Nascer do sol
06h01 Pôr do sol
Qui 26° 19°
Sex 27° 19°
Sáb 27° 18°
Dom 27° 17°
Seg 27° 16°
Atualizado às 03h08
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,29 -0,02%
Euro
R$ 5,61 +0,02%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,59%
Bitcoin
R$ 355,033,60 -0,56%
Ibovespa
124,388,62 pts -0.75%