17°C 30°C
Uberlândia, MG
Publicidade

5 dicas para AUMENTAR seu score no Serasa e sair do vermelho

5 dicas para AUMENTAR seu score no Serasa e sair do vermelho

29/03/2023 às 16h59 Atualizada em 29/03/2023 às 19h59
Por: Lucas Machado
Compartilhe:
Imagem por @wayhomestudio/ freepik
Imagem por @wayhomestudio/ freepik

A inadimplência é um dos principais problemas enfrentados pela economia do país, já representando a realidade de milhares de brasileiros. Este cenário negativo se desdobra em diferentes frentes, seja no mercado financeiro, no comércio varejista ou para o consumidor final. 

Continua após a publicidade

De acordo com levantamento da Serasa Experian, em 2020, o número de cidadãos com dívidas em atraso no Brasil ultrapassou a marca dos 63 milhões, o que equivale a mais de um terço da população adulta do país. Diante deste cenário, é incabível dizer que a inadimplência parte exclusivamente de uma má gestão financeira, visto que o problema tem uma magnitude social. 

Nesta linha, o alto contingente de negativados do país pode ser resultado dos mais diversos fatores, tais como o grande índice de desemprego, baixas remunerações,  falta de educação financeira, empréstimos, e até mesmo exorbitante desigualdade social vivida pelo país entram nessa conta. 

Apesar deste contexto, existem sim estratégias que podem ser utilizadas pelos consumidores para aumentarem seu Score no Serasa, e saírem de vez da condição negativa. Estar com o nome sujo causa diversas consequências para vida de um indivíduo, enquanto, pessoa e cidadão. 

Neste âmbito, além da constante sensação psicológica de “mal estar” ligada ao fato de estar devendo, dificilmente o negativado terá acesso a serviços financeiros que podem ser essenciais em momentos de emergência, a exemplo de empréstimos, financiamentos e cartões de crédito

Continua após a publicidade

Como saber se meu nome está sujo?

Saber se o nome está sujo é fundamental para avaliar a sua situação financeira. A Serasa disponibiliza, gratuitamente, uma ferramenta online que permite consultar a situação do CPF (Cadastro de Pessoas Físicas).

Para fazer a consulta é necessário acessar o site da Serasa Consumidor, e logar na plataforma informando o CPF e senha cadastrada, Em casos de primeiro acesso, será necessário criar uma conta e, em seguida, preencher os dados solicitados. 

Nessa ferramenta é possível ter acesso ao nome das empresas que registraram pendências e as dívidas em aberto, além de poder conferir todo histórico de dívidas negativadas, cheques sem fundo, entre outras pendências.

Como funciona o score do Serasa?

Em definição, o score do Serasa é uma medida numérica que avalia o risco de inadimplência do consumidor no mercado. Ou seja, é a classificação da pontuação que indicará para as instituições credoras se o cliente costuma arcar com suas dívidas. 

Continua após a publicidade

A referida pontuação varia em uma escala de 0 a 1000, sendo que quanto mais próxima de 1000, menor é o risco de inadimplência, e melhor é a reputação do sujeito no mercado de crédito. Na página do Serasa, é possível conferir uma classificação da nota que vai de “Baixa” a “Excelente”, conforme indicado abaixo:

  • 0 a 300:  Baixo;
  • 301 a 500: Regular;
  • 501 a 700: Bom;
  • 701 a 1000: Excelente. 

Para chegar a essa avaliação, são avaliados diversos critérios, como:  

  • Histórico de pagamento das dívidas; 
  • Contas pagas em dia e atrasadas; 
  • Número de financiamentos e empréstimos já contratados; 
  • Pendências no CPF; 
  • Consultas para serviços de crédito; 
  • Pagamento de crédito; 
  • Entre outros.

Tudo isso é reunido em uma base de dados que compõe o score. A classificação do score é ajustada regularmente, conforme o comportamento do consumidor. Isto é, é plenamente possível transformar uma nota baixa, em uma alta pontuação, todavia, isto leva tempo, gestão e controle. 

5 estratégias para aumentar o score do Serasa

Aumentar o score do Serasa pode ser o primeiro passo para sair do vermelho e colocar a vida financeira em ordem. Confira abaixo algumas dicas para conseguir melhorar a nota.

  1. Faça um planejamento financeiro: em primeiro lugar, é essencial criar um planejamento financeiro para ter um melhor controle das finanças pessoais. É necessário avaliar gastos, rendimentos mensais e encontrar alternativas para economizar;
  2. Evite atrasos no pagamento de contas: uma das principais ações para melhorar o score é manter o pagamento das contas em dia. Afinal, histórico de pagamento é um dos principais critérios avaliados;
  3. Evite acumular muitas dívidas: quanto mais dívidas registradas, mais difícil será melhorar o score. Diante disso, evite acumular muitas pendências financeiras que podem virar uma verdadeira “bola de neve” de débitos e, quando possível, procure negociar as dívidas em aberto;
  4. Evite gastos desnecessários: é comum, acumulamos alguns “luxos” que a médio e longo prazo acabam criando dívidas, o que vai reduzir o score do Serasa. Portanto, atenha-se ao que cabe no seu bolso, e julgue se aquele serviço ou produto é realmente necessário;
  5. Não pague tudo à vista: esta última estratégia pode até parecer contraditória , porém, utilizar o crédito de maneira consciente representa um bom caminho para demonstrar um bom comportamento em relação ao recurso. A ideia é  sempre avaliar se o pagamento da parcela caberá no seu orçamento.

Entender como funciona o score do Serasa é compreender como é possível  sair do vermelho e ter uma vida financeira mais saudável. Em resumo, a chave é ter um controle financeiro eficiente, que se desdobra em bons hábitos financeiros, como todos elencados acima.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
28°
Tempo limpo

Mín. 17° Máx. 30°

27° Sensação
4.63km/h Vento
34% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h35 Nascer do sol
05h44 Pôr do sol
Qua 29° 15°
Qui 29° 16°
Sex 30° 18°
Sáb 30° 17°
Dom 30° 16°
Atualizado às 17h07
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,12 +0,37%
Euro
R$ 5,56 +0,38%
Peso Argentino
R$ 0,01 +1,08%
Bitcoin
R$ 380,982,96 +1,30%
Ibovespa
127,411,55 pts -0.27%
Publicidade
Publicidade