15°C 26°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Confira 10 dicas para gastar menos na conta de luz 

Confira 10 dicas para gastar menos na conta de luz 

05/04/2023 às 17h20 Atualizada em 05/04/2023 às 20h20
Por: Lucas Machado
Compartilhe:
Imagem por @naypong / freepik
Imagem por @naypong / freepik

Diante da crise econômica vivida pelo país, muitos brasileiros ainda enfrentam dificuldades para manter suas contas em dia. Dentre as principais despesas mensais, estão as faturas de energia elétrica, custos que por vezes representam uma verdadeira dor de cabeça no gerenciamento financeiro. 

Continua após a publicidade

Este cenário se agrava, especialmente durante o período de verão, quando as temperaturas estão mais elevadas, e o consumo de energia elétrica, consequentemente, aumenta. Portanto, falar em controle de consumo, aqui representa uma economia na conta de luz, e por conseguinte no seu bolso. 

Economizar energia, em grande parte, dependerá de nossa motivação e atenção para cumprir com certas atitudes, e conhecer os equipamentos que “puxam mais luz”. Lembrando que no momento estamos em bandeira verde, isto quer dizer que não há cobranças adicionais na fatura. 

Estratégias que te ajudarão a economizar na conta de luz

Pensando nas questões previamente anunciadas, elencamos 10 dicas capazes de te ajudar a consumir menos energia elétrica e economizar dinheiro. Confira: 

  1. A primeira é a mais conhecida, evite deixar luzes acesas quando não é necessário. Durante o dia, ou quando sair do cômodo, sempre lembre-se de mantê-las apagadas; 
  2. Troque as lâmpadas comuns por lâmpadas de LED, que consomem menos energia e duram mais tempo;
  3. Desligue os aparelhos eletrônicos da tomada quando não estiverem em uso, especialmente quando forem utilizados com pouca frequência. Isto vale para computadores, microondas, fornos elétricos, entre outros;
  4. Quando possível, troque sua geladeira por uma mais econômica. Modelos mais antigos puxam uma quantidade bem maior de energia; 
  5. Evite utilizar o ar-condicionado em temperaturas mais baixas, e faça a manutenção periódica do aparelho para averiguar se ele está funcionando corretamente; 
  6. Evite utilizar ferros elétricos, enquanto outros aparelhos estiverem ligados,  pois, isto ocasiona uma sobrecarga de energia; 
  7. Não deixe a televisão ligada quando ninguém estiver assistindo. Se você costuma pegar no sono, procure sempre acionar, previamente, o “time” do aparelho para que ele desligue sozinho; 
  8. Ao utilizar o chuveiro elétrico, sempre que for possível, coloque-o na posição “verão”, pois, consome menos energia; 
  9. Ao utilizar a máquina de lavar, coloque o máximo de roupas que o aparelho suporta, assim evitando uma reutilização entre curtos períodos de tempo;
  10. Nas paredes utilize cores mais claras, o que melhora na iluminação natural, e evita a necessidade de luzes acessas durante o dia. 

Tarifa Social de Energia Elétrica 

Além das medidas anteriormente anunciadas, existem programas sociais que amparam a população de baixa renda, inclusive, no âmbito do consumo de energia elétrica. O programa Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) viabiliza descontos na conta de luz para famílias que se enquadram nos critérios  estabelecidos pelo governo. 

Continua após a publicidade

Para o público geral, os descontos podem chegar a 65% do valor da fatura, a depender do consumo de energia elétrica. Confira: 

  • Consumo de até 30 kWh por mês: desconto de 65%;
  • Consumo entre 31 e 100 kWh por mês: desconto de 40%;
  • Consumo entre 101 e 220 kWh por mês: desconto de 10%.

Para famílias quilombolas e indígenas o desconto pode ser ainda mais vantajoso, visto que a fatura pode vir com zeros cobranaças. Confira: 

  • Consumo de até 50 kWh por mês: desconto de 100%;
  • Consumo entre 51 e 100 kWh por mês: desconto de 40%;
  • Consumo entre 101 e 220 kWh por mês: desconto de 10%.

Para participar, é necessário estar cadastrado no CadÚnico,  plataforma que reúne informações sobre famílias em vulnerabilidade e permite que elas tenham acesso a diversos programas sociais. A inscrição somente é possível para famílias com renda per capita (por pessoa) de no máximo meio salário mínimo. 

Interessados e habilitados, devem ir até o CRAS (Centro de Referência de Assistência Social)  munido dos documentos pessoais, de todos os integrantes da família.

Continua após a publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
20°
Tempo nublado

Mín. 15° Máx. 26°

20° Sensação
5.66km/h Vento
77% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h37 Nascer do sol
05h43 Pôr do sol
Qua 27° 13°
Qui 29° 14°
Sex 29° 15°
Sáb 28° 18°
Dom 28° 17°
Atualizado às 14h07
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,16 -0,23%
Euro
R$ 5,60 -0,25%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,44%
Bitcoin
R$ 372,566,50 -2,18%
Ibovespa
123,680,52 pts -0.65%
Publicidade
Publicidade