Quinta, 29 de Fevereiro de 2024
23°

Tempo nublado

Uberlândia, MG

Dólar com.

R$ 4,97

Euro

R$ 5,39

Peso Arg.

R$ 0,01

Anúncio
Fique Sabendo Piso

Piso da enfermagem: Lula envia Projeto de Lei ao Congresso

Piso da enfermagem: Lula envia Projeto de Lei ao Congresso

18/04/2023 11h40 Atualizada há 10 meses
0
Por: Ana Luzia Rodrigues
 Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A expectativa é grande para a categoria dos profissionais de enfermagem. A justificativa é que o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva ficou de enviar ainda hoje, terça-feira, dia 18, o Projeto de Lei do Congresso Nacional (PLN) que versa sobre o piso salarial da enfermagem. 

Todavia, isso deve ocorrer mais para o final do dia. Está marcada na agenda presidencial a solenidade para assinatura e envio por volta das 18h. O projeto irá abrir uma previsão orçamentária para pagar os salários da categoria.

Leia também: Lula Assina 15 Acordos E Parcerias Com Xi Jinping Em Pequim

Assunto suspenso desde 2022

A discussão sobre aumento do piso da enfermagem chegou a ser suspensa pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Decisão do ministro Luís Roberto Barroso argumentou que, ao aprovar o piso, o Congresso Nacional não estabeleceu de onde sairiam os recursos para colocá-lo em prática. 

Na quinta-feira, dia 13, a ministra do Planejamento, Simone Tebet, disse que a pasta abriu espaço de R$ 7,3 bilhões no Orçamento da União para o pagamento do mínimo da categoria. Os valores são provenientes de fundos públicos federais ligados ao Fundo Social.

Esses valores vão garantir o pagamento de enfermeiros, técnicos e auxiliares ligados a estados, municípios, hospitais filantrópicos e privados que atendem pelo menos 60% de atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) até dezembro de 2023. O pagamento não será retroativo, tendo como referência o mês de maio.

Todavia, somente em dezembro, foi aprovada uma emenda à Constituição para definir os recursos.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Leia também: Lula Esta Na Lista Dos 100 Mais Influentes Da Revista Time

Qual será o novo piso?

Portanto, de acordo com a emenda, a previsão do novo piso ficará assim:

  • Enfermeiros - a partir de R$ 4,7 mil;
  • Técnicos de enfermagem: mínimo R$ 3,3 mil; 
  • auxiliares e parteiras - R$ 2,3 mil. 

A emenda aprovada pelo Congresso vale para enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares de enfermagem e parteiras do setor público, de entidades filantrópicas e de prestadores de serviço com atendimento mínimo de 60% de pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.