Quinta, 29 de Fevereiro de 2024
23°

Tempo nublado

Uberlândia, MG

Dólar com.

R$ 4,97

Euro

R$ 5,39

Peso Arg.

R$ 0,01

Anúncio
Contabilidade 13

13 maneiras para não cair na malha fina do Imposto de Renda

13 maneiras para não cair na malha fina do Imposto de Renda

18/04/2023 16h12 Atualizada há 10 meses
0
Por: Ana Luzia Rodrigues
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Anualmente, milhões de brasileiros caem na malha fina do Imposto de Renda por alguma pendência e estão num esquema de análise por parte do órgão. Com isso, tardam a receber suas restituições.

Isso ocorre porque a declaração foi identificada com alguns erros, faltaram documentações de alguns dos gastos declarados nos rendimentos ou qualquer outra inconsistência identificada pelo sistema da Receita Federal e seus agentes. 

Todavia, o que fazer se você cair na malha fina? Vamos explicar.

Leia também: Malha Fina: Saiba Como Recorrer Às Multas Da Receita Federal

O que é “cair na malha fina”?

Conforme mencionamos acima, cair na malha fina da Receita Federal significa que a declaração do imposto de renda ficará retida por causa de algum erro, como um valor incorreto, um rendimento omitido, informações cadastrais erradas ou até mesmo uma possível fraude em análise.

Erros e inconsistências na declaração podem gerar multas e, no limite, as fraudes podem até mesmo levar o contribuinte a ser indiciado por crime tributário. A cada declaração, o cuidado deve ser maior. Ano a ano, a Receita Federal incrementa o cruzamento de informações entre os bancos de dados aos quais tem acesso e as contas prestadas pelos contribuintes.

Além das informações declaradas pelo contribuinte, a Receita também recebe prestações de contas de empresas, bancos e entidades, além de dados fornecidos por estados e municípios. Todas essas informações são cruzadas pelo Fisco para flagrar eventuais inconsistências. 

Como saber onde foi o erro?

Neste sentido, é bastante simples. O contribuinte precisa acessar o seu extrato de declaração, a seção “Pendências de malha”. Neste local será apontado quais motivos sua declaração foi retida e, portanto, onde estão os erros ou quais informações devem ser comprovadas.

13 Atitudes que evitam ser pego pelo “leão”

  1. Faça a declaração com antecedência;
  2. Apresentar dados legítimos. Fraudar documentos é crime;
  3. Todas as informações devem ser coerentes com as da fonte pagadora;
  4. Declaração em conjunto deve registrar todos os rendimentos do cônjuge;
  5. Insira adequadamente todos os comprovantes de rendimento;
  6. Declare todos os rendimentos tributáveis;
  7. Não coloque a mesma pessoa como dependente em mais de uma declaração;
  8. Lembre-se de declarar o seu plano de saúde e de seus dependentes;
  9. Não se esqueça das despesas com educação, exceto de cursos não autorizados pela legislação;
  10. Declare caso tenha sido premiado por loterias;
  11. Declarar todos os ganhos e perdas de capital ou de renda variável;
  12. Não declare doações a entidades assistências não autorizadas pela Receita Federal;
  13. Lembre-se de declarar os bens que tenha no exterior.

Leia também: Cruzamento De Dados IR 2023: Veja Como Evitar A Malha Fina!

Quanto tempo demora para sair da malha fina?

Não existe uma única resposta para essa pergunta. Esse tempo vai depender da quantidade de demandas da Receita Federal e, também, do problema identificado, já que a revisão é feita manualmente.

Com relação à multa, esta aumenta conforme o tempo de atraso da declaração e pode chegar a 20% do IR.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.