15°C 28°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Alterações na legislação dos planos de saúde tendem a beneficiar o consumidor

Alterações na legislação dos planos de saúde tendem a beneficiar o consumidor

08/05/2023 às 17h58 Atualizada em 08/05/2023 às 20h58
Por: Gabriel Dau
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O relator do Projeto de Lei 7419/06 (e apensados), que propõe alterações na Lei dos Planos de Saúde, deputado Duarte (PSB-MA), anunciou que seu parecer trará mudanças "favoráveis ao consumidor". O deputado deve reunir mais de 260 propostas com sugestões de mudanças na legislação.

Continua após a publicidade

A Câmara já teve duas comissões para analisar melhorias na legislação que rege os planos de saúde: uma em 2017 e outra em 2021. “Os relatórios anteriores chegam a ser indecentes, principalmente quando o consumidor mais precisa da cobertura do plano”, criticou o deputado.

Leia também: Reajuste De Planos De Saúde Vai Depender De Cada Operadora

Para Duarte, os pareceres anteriores são "extremamente prejudiciais" à população que opta por pagar pela assistência privada de saúde. "Meu objetivo é propor um texto que corrija excessos e harmonize a relação dos planos com o consumidor", ressaltou.

O relator teme, por exemplo, sobrecarga do Sistema Único de Saúde (SUS). "Não podemos deixar esse texto ser aprovado sem as mudanças que vou propor, sob o risco de termos relações prejudiciais à população e também sobrecarga do SUS, uma vez que a proposta atual quer diminuir ainda mais a cobertura de procedimentos de grande complexidade”, alertou.

Continua após a publicidade
Imagem De A Stockphoto / adobe stock

O deputado, que já presidiu o Procon Maranhão e o Procon Nordeste, defende menores segmentações dos planos. “Ninguém sabe quando ficará doente. E a proposta atual quer criar ainda mais segmentações nos planos para deixar o consumidor desassistido em situações em que mais precisará”. Ele cita, por exemplo, que nos casos de diagnóstico de câncer, o paciente terá cobertura para medicamentos, mas não poderá retirar o tumor pelo plano.

Leia também: Planos De Saúde: Índice De Reajuste Deve Ser Anunciado Em Maio

Outro ponto citado pelo deputado é o reajuste previsto para pessoas idosas. A lei proíbe reajustes após os 60 anos. No entanto, os relatórios anteriores preveem reajuste de até 500% nos planos aos 59 anos do segurado, que poderão ser parcelados nos anos subsequentes.  “Não se sabe quando vamos adquirir doenças, ainda mais as mais graves, como diabetes, hipertensão, câncer. E a proposta atual quer deixar o segurado desassistido nas horas de maior vulnerabilidade. Mas nós vamos mudar isso”, completou.

O novo relatório deve ser apresentado após três audiências públicas. A primeira será no próximo dia 12, no Maranhão; a seguinte no dia 28, no Rio de Janeiro; e a terceira em junho, em Brasília.

Continua após a publicidade

Fonte: Agência Câmara de Notícias

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
20°
Tempo limpo

Mín. 15° Máx. 28°

19° Sensação
3.14km/h Vento
44% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h35 Nascer do sol
05h44 Pôr do sol
Qui 29° 15°
Sex 30° 18°
Sáb 31° 18°
Dom 30° 18°
Seg 30° 17°
Atualizado às 20h07
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,15 -0,02%
Euro
R$ 5,58 -0,02%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,19%
Bitcoin
R$ 379,539,23 +0,39%
Ibovespa
125,650,03 pts -1.38%
Publicidade
Publicidade