19°C 28°C
Uberlândia, MG
Publicidade
Anúncio

Censo 2022: População do Brasil ultrapassa os 203 milhões de Habitantes

Censo 2022: População do Brasil ultrapassa os 203 milhões de Habitantes

28/06/2023 às 12h36 Atualizada em 28/06/2023 às 15h36
Por: Gabriel Dau
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Segundo os dados do Censo Demográfico 2022, conduzido mais de uma década após a última pesquisa, a população brasileira é estimada em 203.062.512 habitantes. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou os primeiros resultados dessa pesquisa na quarta-feira (28).

Continua após a publicidade

As projeções anteriores feitas pelo órgão foram superiores ao número atual. Em 2021, previa-se que o país teria no mínimo 213 milhões de habitantes.Em dezembro de 2022, com base nos dados preliminares da pesquisa, o IBGE revisou a estimativa para 207,7 milhões, representando um acréscimo de 4,7 milhões de pessoas em relação ao cálculo final.

Leia também: Resultado Do Censo Será Divulgado No Fim De Junho Pelo IBGE

Habitantes por Regiões 

A Região Sudeste continua sendo a mais populosa, com 84,8 milhões de habitantes, representando 41,8% da população total do país. Em seguida, temos o Nordeste (26,9%), Sul (14,7%) e Norte (8,5%). A região menos populosa é o Centro-Oeste, com 16,3 milhões de habitantes, correspondendo a 8,02% da população nacional.

Ao analisar a comparação entre os censos demográficos de 2010 e 2022, observa-se que o crescimento populacional anual não ocorreu de forma uniforme entre as grandes regiões. Embora seja menos populosa, o Centro-Oeste registrou o maior crescimento, com uma taxa média de 1,2% ao ano nos últimos 12 anos.

Continua após a publicidade

"Na análise da taxa de crescimento anual por região, notamos que o Norte, que apresentava o maior crescimento nos censos de 1991 a 2000 e de 2000 a 2010, perdeu o posto para o Centro-Oeste, que registrou um crescimento de 23% ao longo desta década, nos últimos 12 anos", afirmou Luciano Tavares Duarte, gerente técnico do Censo 2022, durante a apresentação dos resultados.

O Nordeste e o Sudeste apresentaram os menores crescimentos populacionais, com taxas abaixo da média nacional de 0,52% ao ano.

O IBGE destacou que essa tendência de redução no crescimento da população total continua, e as taxas calculadas para as cinco grandes regiões são mais baixas em comparação aos dois períodos intercensitários anteriores.

Estados

Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro são os três estados mais populosos do país, que representam juntos 39,9% da população. O estado de São Paulo, por si só, possui 44.420.459 pessoas recenseadas, o que corresponde a 21% da população total, como destacado pelo gerente do Censo.

Continua após a publicidade
Licia Rubinstein/Agência Brasil
Licia Rubinstein/Agência Brasil

Em seguida, estão a Bahia, Paraná e Rio Grande do Sul. Por outro lado, os estados localizados na fronteira norte do Brasil, como Roraima, continuam sendo os menos populosos, com Roraima mantendo-se como o estado menos populoso, com 636.303 habitantes, seguido do Amapá e do Acre. O Censo 2022 revela que 14 estados e o Distrito Federal apresentaram taxas médias de crescimento anual acima da média nacional (0,52%) no período de 2010 a 2022.

Apesar de ser o menos populoso, o estado de Roraima registrou o maior crescimento populacional, com uma taxa média de crescimento anual de 2,92% no período, sendo o único estado a superar a marca de 2% ao ano.

Censo

O censo é um levantamento estatístico realizado periodicamente em um país, com o objetivo de obter informações detalhadas sobre a população e suas características demográficas, socioeconômicas e educacionais. A importância do censo é ampla e abrange diversas áreas, tais como:

  • Contagem populacional: O censo permite realizar a contagem precisa da população em um determinado momento, fornecendo dados atualizados sobre o tamanho da população.
  • Distribuição geográfica: O censo fornece informações sobre a distribuição da população em diferentes regiões geográficas, como estados, cidades, distritos e bairros, o que auxilia no planejamento urbano, na alocação de recursos e no desenvolvimento regional.
  • Características demográficas: O censo coleta informações sobre idade, sexo, composição familiar, natalidade, mortalidade e migração, proporcionando uma compreensão detalhada da estrutura demográfica de um país e permitindo o monitoramento de mudanças ao longo do tempo.
  • Dados socioeconômicos: O censo captura informações sobre educação, trabalho, renda, moradia e outras características socioeconômicas da população, possibilitando a análise de indicadores sociais e econômicos, como desigualdades, pobreza, acesso a serviços e condições de vida.
  • Planejamento e políticas públicas: Os dados do censo são fundamentais para o planejamento governamental, a alocação de recursos públicos, a formulação de políticas sociais, educacionais, de saúde, segurança e transporte, bem como para a definição de estratégias de desenvolvimento sustentável.
  • Tomada de decisões e pesquisa: O censo fornece informações confiáveis e abrangentes que são utilizadas por governos, pesquisadores, instituições acadêmicas e organizações não governamentais para realizar análises, pesquisas e embasar a tomada de decisões em diversas áreas.

Leia também: MP Que Autoriza Contratação Sem Processo Seletivo Para O Censo De 2022 Foi Prorrogada

Em resumo, o censo é uma ferramenta essencial para compreender a população, suas características e necessidades, possibilitando a implementação de políticas e ações direcionadas para o desenvolvimento social, econômico e sustentável de um país.

Por: Gabriel Dau

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
27°
Parcialmente nublado

Mín. 19° Máx. 28°

28° Sensação
5.9km/h Vento
56% Umidade
1% (0mm) Chance de chuva
06h23 Nascer do sol
06h02 Pôr do sol
Ter 28° 19°
Qua 29° 20°
Qui 27° 20°
Sex 26° 18°
Sáb 28° 19°
Atualizado às 12h09
Publicidade
Publicidade
Anúncio
Economia
Dólar
R$ 5,18 +1,25%
Euro
R$ 5,52 +0,98%
Peso Argentino
R$ 0,01 +1,17%
Bitcoin
R$ 354,732,60 -3,52%
Ibovespa
126,134,84 pts 0.15%
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio