15°C 29°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Arthur Lira anuncia o próximo passo do Governo Federal – A Reforma administrativa

Arthur Lira anuncia o próximo passo do Governo Federal – A Reforma administrativa

24/07/2023 às 17h21 Atualizada em 24/07/2023 às 20h21
Por: Bia Montes
Compartilhe:
TOMZÉ FONSECA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
TOMZÉ FONSECA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Presidente da Câmara defende que é necessário "afastar versões" sobre o tema; ele voltou a negar que a matéria iria afetar imediatamente as carreiras do funcionalismo

Foto: Câmara dos deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), defendeu, nesta segunda-feira (24), que a sociedade brasileira aprofunde o debate sobre uma reforma administrativa. As declarações foram dadas durante almoço com lideranças empresariais, promovido pelo Lide, em São Paulo (SP), e arrancou aplausos dos participantes.

Continua após a publicidade

O parlamentar lembrou que há uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que trata do assunto pronta para análise do plenário da casa legislativa e disse que este deve ser o “próximo movimento” do Congresso Nacional, uma vez superadas as discussões sobre reforma tributária e marco fiscal.

“Vamos tratar da reforma administrativa. Ela está pronta para plenário, precisa da mobilização de todos. Ela não fere, não rouba, não machuca direito adquirido e vai dar teto para as nossas despesas, vai dar previsibilidade para o serviço público”, disse.

Leia também: Bancos E Governo Federal Lançam Programa Desenrola Brasil Para Dívidas Bancárias

“Quem banca o custo do Estado está aqui nesta sala. A gente tem que gerir da melhor forma, meios e qualidades”, afirmou.

Continua após a publicidade

Questionado sobre o assunto, Lira disse que é preciso “afastar versões” que rondam o debate sobre a reestruturação de carreiras do funcionalismo público. Ele negou que o texto em tramitação na casa legislativa prejudique carreiras existentes.

“A versão que se cria é que uma reforma administrativa é para fazer uma intervenção no público, é para acabar com a carreira do servidor público. Não. A reforma que está pronta para plenário na Câmara dos Deputados tem um corte, tem um lapso temporal de que, daquele dia para trás, todos os direitos adquiridos ficam garantidos”, disse.

O parlamentar também rebateu críticas de que o texto em tramitação seria muito brando e não trazer efeitos imediatos, já que só vale para novos entrantes ao serviço público.

Leia também: Entenda A Reforma Tributária Aprovada Pela Câmara Dos Deputados

Continua após a publicidade

“Se tivéssemos aprovado a reforma administrativa 20 anos atrás, estaríamos colhendo os frutos hoje. Se nós aprovarmos uma hoje, mesmo branda, para colher os frutos daqui a 20 anos, talvez eu e alguns amigos não compartilhemos dos efeitos, mas o Brasil, sim”, disse.

“O fato de você estabelecer, aos novos entrantes, critérios de produtividade, gastos, previsão das despesas, melhora a vida de todo mundo. Porque a gente trata de outra régua. O custo do público, o custo Brasil, diminui. A gente tem que enfrentar esses assuntos”, defendeu.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
23°
Tempo limpo

Mín. 15° Máx. 29°

23° Sensação
7.2km/h Vento
56% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h36 Nascer do sol
05h44 Pôr do sol
Sex 30° 17°
Sáb 30° 18°
Dom 30° 16°
Seg 30° 18°
Ter 26° 15°
Atualizado às 11h07
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,15 -0,07%
Euro
R$ 5,58 -0,07%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,27%
Bitcoin
R$ 371,041,03 -1,81%
Ibovespa
124,807,97 pts -0.67%
Publicidade
Publicidade