15°C 28°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Malha fina: O que pode te colocar em risco!

Malha fina: O que pode te colocar em risco!

17/10/2023 às 19h24 Atualizada em 17/10/2023 às 22h24
Por: Bia Montes
Compartilhe:
Imagem: wirestock / freepik
Imagem: wirestock / freepik

Cada dia, se torna mais recorrentes as transações financeiras online.

Continua após a publicidade

Com essa evolução digital, também evolui os meios de golpes por estelionatários, usando os meios eletrônicos no Brasil.

Somente em 2022, foi constatado um aumento de 65%, ultrapassando a marca de 200 mil registros, de acordo com dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública.

Com a criação de novas formas de segurança, os consumidores honestos acabam caindo na "malha fina" dos pagamentos, e assim ficam com suas compras bloqueadas por suspeita de golpe.

Questionamentos sobre transações legitimas

Um levantamento da Horus Group, empresa especializada em análise de risco de fraude, aponta que apenas 30% dos casos analisados são, de fato, golpes.

Continua após a publicidade

"Esse é um problema recorrente em compras online", pontua Eduardo Daghum, CEO e fundador da Horus Group, que ressalta que a malha fina dos pagamentos opera como um mecanismo de segurança, analisando transação para detectar padrões incomuns ou comportamentos anormais.

"Um dos principais fatores que desencadeiam essa análise é o abismo entre o histórico de compras normal de um indivíduo e a transação em questão. Transações que fogem do padrão, seja em termos de valores, frequência ou natureza, podem acender o alerta vermelho", ressalta o executivo.

Leia também: Malha Fina Do IR: Como Saber Se Você Caiu E Como Proceder

O radar da malha fina

Outros elementos que podem despertar a atenção da malha fina incluem realizar transações em locais distantes do habitual ou a execução de várias transações em um curto intervalo de tempo.

Continua após a publicidade

Além disso, a compra de itens de alto valor em circunstâncias incomuns pode ser vista como suspeita.

Dando um exemplo de um possível cenário, Eduardo comenta sobre uma viagem hipotética, em que compras podem cair em análise.

"Por exemplo, uma pessoa que normalmente compra produtos de baixo custo em sua cidade, de repente, efetua uma compra de alto valor em um país estrangeiro, em uma viagem, é uma situação que pode levantar suspeitas quanto à legitimidade da transação."

Leia também: Não Recebeu A Restituição Do IR? Veja Se Caiu Na “Malha Fina”.

Se previna 

Para evitar cair na malha fina dos pagamentos, inconveniência que pode gerar bloqueio em compras e indisponibilidade do cartão, é recomendado que os consumidores notifiquem seus bancos sobre viagens a serem realizadas ou compras incomuns, bem como mudanças financeiras que levam a um padrão de gastos mais altos.

"Dessa forma, compreendendo os critérios que levam à malha fina dos pagamentos, consumidores podem colaborar para fortalecer a segurança nos ambientes online", finaliza Eduardo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
18°
Tempo limpo

Mín. 15° Máx. 28°

17° Sensação
3.65km/h Vento
62% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h35 Nascer do sol
05h44 Pôr do sol
Qui 29° 15°
Sex 30° 18°
Sáb 31° 18°
Dom 30° 18°
Seg 30° 17°
Atualizado às 08h07
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,15 +0,44%
Euro
R$ 5,58 +0,25%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,28%
Bitcoin
R$ 379,602,82 +0,07%
Ibovespa
126,547,06 pts -0.68%
Publicidade
Publicidade