13°C 27°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Portabilidade de salário: Saiba o que é e como ela funciona 

Portabilidade de salário: Saiba o que é e como ela funciona 

20/10/2023 às 13h53 Atualizada em 20/10/2023 às 16h53
Por: Esther Vasconcelos
Compartilhe:
Imagem: rhjphotoandilustration / freepik
Imagem: rhjphotoandilustration / freepik

A portabilidade de salário é um tema relevante no cenário financeiro e trabalhista, permitindo aos trabalhadores mais liberdade na escolha de onde desejam receber seus proventos. 

Continua após a publicidade

Neste artigo, exploraremos em detalhes o que é a portabilidade de salário, como ela funciona e quais são os benefícios que oferece aos trabalhadores.

O que é Portabilidade de Salário?

A portabilidade de salário é um direito do trabalhador que permite transferir sua conta-salário de um banco para outro de sua escolha, sem custos e com maior facilidade. 

Ela foi regulamentada no Brasil em 2006, através da Resolução 3.402 do Banco Central, como uma forma de promover a concorrência entre as instituições financeiras e oferecer mais autonomia aos consumidores.

Como Funciona a Portabilidade de Salário?

Para realizar a portabilidade de salário, o processo é simples e descomplicado:

Continua após a publicidade

Escolha do banco de destino: O trabalhador escolhe o banco onde deseja receber seu salário, e essa instituição passa a ser o banco de destino.

Autorização: O próximo passo é fornecer uma autorização ao banco de destino para receber os valores do salário. Normalmente, isso é feito através de um formulário específico fornecido pelo banco.

Comunicação ao banco de origem: O banco de destino é responsável por informar o banco onde o salário estava sendo depositado anteriormente, que a portabilidade foi solicitada. A partir desse momento, o banco de origem tem até 5 dias úteis para transferir automaticamente os valores do salário para o banco de destino.

Salário direto na conta escolhida: Após a transferência dos valores do salário para o banco de destino, o trabalhador passa a receber seus proventos na nova instituição financeira de sua escolha.

Continua após a publicidade

Vale destacar que, mesmo com a portabilidade de salário, a conta bancária original continua a existir e, no caso da conta salário, essa manutenção é sem custos para o trabalhador.

Leia Também: Pressão Para Cumprir Metas Abusivas Pode Gerar Dano Moral?

Como fazer a portabilidade de salário?

Para realizar a portabilidade bancária, o primeiro requisito é receber seu salário por meio de uma conta salário. Após isso, o trabalhador pode seguir alguns passos simples.

Inicialmente, é necessário entrar em contato com a instituição financeira na qual deseja receber seu salário e solicitar a abertura de uma nova conta, que pode ser inclusive uma conta de pagamento.

Uma vez que a nova conta tenha sido criada ou, se já possuir uma conta ativa, o próximo passo é solicitar a portabilidade à instituição na qual o trabalhador atualmente recebe seu salário.

É importante lembrar que a nova instituição pode requerer alguns documentos pessoais, bem como os detalhes da conta bancária para a qual a transferência do salário será efetuada.

Após a conclusão do processo de portabilidade, todos os valores pagos pelo empregador na conta original serão transferidos para a nova instituição escolhida pelo trabalhador.

Consultar se a portabilidade foi feita

Para acompanhar o processo de portabilidade e garantir que o pagamento do salário seja direcionado corretamente, é possível consultar o extrato da conta salário para verificar se os depósitos foram redirecionados para a nova conta indicada durante o processo.

Adicionalmente, a instituição financeira responsável pela portabilidade deve enviar um comunicado, seja por meios eletrônicos ou impressos, para confirmar a conclusão do processo.

Caso isso não ocorra, é aconselhável entrar em contato com a instituição financeira para esclarecer o status da portabilidade.

É importante observar que o banco onde o trabalhador mantém a conta salário pode recusar a portabilidade caso haja erros nos dados fornecidos durante a solicitação ou se a conta não for elegível para a transferência.

Conforme diretrizes do Banco Central, mesmo que existam dívidas na conta salário, é possível realizar a portabilidade do salário para outra instituição financeira.

Nesse caso, o banco da conta salário é responsável por transferir o dinheiro para a nova instituição após a dedução das dívidas, desde que o titular da conta tenha concedido a devida autorização.

Importante destacar que, de acordo com o Código de Processo Civil, é proibido que uma instituição financeira realize descontos em salários sem a autorização expressa do titular da conta.

Quando o dinheiro cai na conta? 

No contexto da portabilidade de salário, é fundamental ter em mente que o processo pode demandar algum tempo para ser concluído, de acordo com as regulamentações do Banco Central.

Após a solicitação e a entrega dos documentos necessários para a portabilidade, a instituição financeira tem um prazo de 10 dias úteis para efetivar a alteração.

Em seguida, o pagamento do salário será transferido de forma automática para a nova instituição mensalmente, desde que o depósito seja feito pelo empregador até às 17h em um dia útil.

Importante ressaltar que durante esse período de transição, os valores continuarão a ser depositados na conta salário original.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
24°
Tempo limpo

Mín. 13° Máx. 27°

23° Sensação
2.57km/h Vento
35% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h44 Nascer do sol
05h43 Pôr do sol
Ter 28° 14°
Qua 29° 15°
Qui 29° 16°
Sex 29° 17°
Sáb 29° 18°
Atualizado às 18h07
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,90%
Euro
R$ 5,82 +1,02%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,19%
Bitcoin
R$ 383,137,55 +1,09%
Ibovespa
119,137,86 pts -0.44%
Publicidade
Publicidade