16°C 29°C
Uberlândia, MG
Publicidade

INSS muda regras do auxílio-doença para os segurados; saiba o que muda

INSS muda regras do auxílio-doença para os segurados; saiba o que muda

09/11/2023 às 10h04 Atualizada em 09/11/2023 às 13h04
Por: Ricardo
Compartilhe:
INSS / Freepik
INSS / Freepik

Desde o início deste mês, em 1º de novembro, o Ministério da Previdência Social publicou uma portaria que oficializou importantes mudanças nas regras do auxílio doença concedido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Continua após a publicidade

O auxílio doença é um benefício previdenciário fundamental, concedido quando o trabalhador não tem condições físicas ou psicológicas de continuar trabalhando. A portaria estabeleceu novas diretrizes para a solicitação do benefício, visando atender a alta demanda por perícia médica, dada a escassez de peritos disponíveis.

Leia também | Aposentadoria: Veja O Que Muda No Benefício Para 2024

Nova regra do auxílio-doença

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) alterou a regra referente à prorrogação automática do benefício por incapacidade temporária, o antigo auxílio-doença. A mudança, válida por seis meses até abril de 2024, permite que o segurado afastado do trabalho recebendo o auxílio tenha a prorrogação automática do benefício quantas vezes for necessário, sem a necessidade de passar por perícia médica.

A portaria conjunta do instituto e do Ministério da Previdência Social, publicada recentemente, modificou a instrução normativa de março de 2022, mantendo a norma adotada durante a pandemia de Covid-19, quando as agências da Previdência Social foram fechadas.

Continua após a publicidade

Até então, a prorrogação automática do auxílio-doença era possível apenas por até duas vezes nos casos em que não houvesse agenda de atendimento em um período de 30 dias, sendo necessário um exame presencial na terceira vez. O INSS afirma que poderá agendar perícia médica se necessário e estuda a exigência de apresentação do atestado para conseguir a prorrogação, medida que entrará em vigor a partir de janeiro.

Acesso a nova regra

O pedido de prorrogação do auxílio-doença deve ser feito ao INSS nos 15 dias que antecedem a data prevista para a alta médica. A prorrogação automática tem duração de 30 dias, e o segurado deve renovar o pedido a cada 30 dias, se necessário. As novas normas estão em fase de implementação, com o INSS e a Dataprev ajustando o sistema.

Atualmente, não é exigido um novo atestado médico. A prorrogação pode ser solicitada pelo aplicativo ou site Meu INSS, ou pela Central Telefônica 135, disponível de segunda a sábado, das 6h às 22h. A mudança nas regras de prorrogação visa reduzir a espera por perícias, combater fraudes e incentivar os segurados a retornar ao trabalho.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
22°
Tempo limpo

Mín. 16° Máx. 29°

22° Sensação
2.06km/h Vento
53% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h34 Nascer do sol
05h45 Pôr do sol
Seg 30° 17°
Ter 30° 18°
Qua 29° 17°
Qui 31° 17°
Sex ° °
Atualizado às 23h07
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,10 +0,00%
Euro
R$ 5,56 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,55%
Bitcoin
R$ 363,047,35 +0,32%
Ibovespa
128,150,71 pts -0.1%
Publicidade
Publicidade