14°C 28°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Comércio está esperando recorde de vendas na Black Friday

Comércio está esperando recorde de vendas na Black Friday

20/11/2023 às 09h41 Atualizada em 20/11/2023 às 12h41
Por: Leonardo Grandchamp
Compartilhe:
Imagem: crimages / freepik
Imagem: crimages / freepik

O setor comercial brasileiro demonstra otimismo em relação às vendas da Black Friday, marcada para a próxima sexta-feira (24). A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) estima um faturamento de R$ 4,64 bilhões, representando um aumento de 4,3% em comparação com o ano de 2022. Caso essa previsão se concretize, será registrado o maior volume de vendas para a data desde sua introdução no Brasil em 2010.

De acordo com uma pesquisa realizada pela CNC, os setores de eletroeletrônicos e utilidades domésticas (R$ 1,28 bilhão) e móveis e eletrodomésticos (R$ 1,05 bilhão) devem contribuir significativamente, respondendo por quase metade (48%) do total previsto em movimentação financeira. Em seguida, destacam-se os ramos de hiper e supermercados (R$ 1,02 bilhão) e vestuário, calçados e acessórios (R$ 0,73 bilhão).

Leia também: Dicas Para Aproveitar Ao Máximo A Black Friday, Vendendo Ou Comprando

Inflação

A desaceleração da inflação é um dos elementos que deverão impulsionar as vendas, conforme apontado pela CNC. No ano passado, segundo a pesquisa, os preços livres na economia apresentavam um aumento acumulado de 9,7%. Em contraste, neste ano, a variação é de 3%.

Outro fator positivo é a valorização de 7,5% do real em relação ao dólar, proporcionando condições para estratégias de preços mais agressivas por parte dos varejistas.

Os recentes cortes na taxa básica de juros promovidos pelo Banco Central, favorecendo o crédito, constituem mais um estímulo para as compras, especialmente de bens duráveis, como geladeiras, televisões e celulares.

Leia também: 5 Produtos E Serviços Para Você Adquirir Na Black Friday

O economista da CNC, Fabio Bentes, responsável pelo levantamento, argumenta: "O início da flexibilização da política monetária a partir de agosto tende a desafogar o mercado de crédito em um cenário caracterizado por um aumento relativamente maior nas vendas de bens duráveis – que tradicionalmente são mais sensíveis às condições de crédito".

Produtos

A pesquisa destacou os produtos mais procurados pelos consumidores online nos últimos 30 dias. Não surpreendentemente, dado o período de calor intenso no país, o aparelho de ar condicionado lidera a lista, com um aumento de 177% nas buscas.

No entanto, o aumento da demanda resultou em um efeito negativo, pois os aparelhos experimentaram um aumento de 2,9% nos últimos 40 dias.

Dos 10 itens monitorados pela CNC, apenas o ar-condicionado e os videogames (+7,9%) apresentaram aumento de preço nesta época tradicionalmente associada a promoções. Na sequência, os produtos mais procurados incluem televisões e fogões, com quedas de preços de -1,5% e -2,7%, respectivamente.

Os produtos com os maiores descontos médios são smartwatches (-12,4%), notebooks (-9,2%), fones de ouvido (-6,1%) e caixas de som (-5,6%).

Anos de crescimento

Desde 2017, a Black Friday tem mantido um crescimento constante no volume de vendas. Atualmente, é considerada a quinta data mais significativa para o comércio, ficando atrás apenas do Natal, Dia das Mães, Dia das Crianças e Dia dos Pais.

A partir de 2020, o crescimento tornou-se mais expressivo, impulsionado pela intensificação do comércio online. Além disso, a facilidade de consulta e comparação de preços pela internet tem contribuído para o aumento da relevância da Black Friday no calendário nacional, conforme apontado pela CNC.

Cuidados

A Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-SP) divulgou orientações valiosas para garantir uma Black Friday mais segura. Abaixo estão as principais recomendações:

  • Durante a promoção, analisar as condições de pagamento oferecidas, as taxas de juros aplicadas e os prazos para quitação;
  • Avaliar se a compra de um determinado item, mesmo com desconto, está de acordo com o orçamento e não comprometerá as finanças;
  • Verificar se o perfil ou o site tem histórico de reclamações (a ausência de comentários pode ser motivo de cautela);
  • Ter cuidado com preços excessivamente baixos, pois podem indicar possíveis armadilhas;
  • Priorizar fornecedores que forneçam informações detalhadas, incluindo canais de atendimento, CNPJ e endereço físico;
  • Evitar clicar em links enviados por e-mail, WhatsApp ou mensagens sem verificar a autenticidade no canal oficial do fornecedor;
  • Examinar cuidadosamente os dados presentes em boletos, como a titularidade da conta para depósito e outras informações, que auxiliam na identificação de possíveis fraudes.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
19°
Tempo limpo

Mín. 14° Máx. 28°

18° Sensação
2.06km/h Vento
48% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h45 Nascer do sol
05h44 Pôr do sol
Sex 28° 15°
Sáb 28° 15°
Dom 30° 17°
Seg 31° 17°
Ter 31° 18°
Atualizado às 03h06
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,45 +0,00%
Euro
R$ 5,86 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,36%
Bitcoin
R$ 379,451,51 +0,98%
Ibovespa
120,261,34 pts 0.53%
Publicidade
Publicidade