16°C 29°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Mercado de trabalho reproduz desigualdade racial, diz Dieese

Mercado de trabalho reproduz desigualdade racial, diz Dieese

21/11/2023 às 15h48 Atualizada em 21/11/2023 às 18h48
Por: Leonardo Grandchamp
Compartilhe:
Imagem: gustavomellossa / freepik
Imagem: gustavomellossa / freepik

O mercado de trabalho continua a ser um cenário onde a desigualdade racial se reproduz, não apenas na entrada, mas também nas oportunidades de ascensão para a população negra. Essa é a conclusão do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), uma entidade vinculada ao movimento sindical brasileiro.

Continua após a publicidade

Segundo dados compilados pelo Dieese, a taxa de desemprego entre os negros é consistentemente mais alta do que entre outros grupos de trabalhadores. Apesar de representarem 56,1% da população em idade ativa, os negros correspondem a mais da metade dos desempregados (65,1%).

Leia também: Injúria Racial É Crime De Racismo? Confira!

Essa análise foi baseada nos dados do segundo trimestre de 2023 da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), conduzida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A taxa de desemprego entre os negros é de 9,5%, o que representa um aumento de 3,2 pontos percentuais em relação à taxa dos não negros. No caso das mulheres negras, que enfrentam as desigualdades de raça e gênero, a taxa atinge 11,7%. O Dieese destaca que, mesmo em um contexto de melhora da atividade econômica, a inserção das mulheres negras no mercado de trabalho continua a ser mais desafiadora.

Continua após a publicidade

Leia também: Comissão discute a integração de pessoas com deficiência no mercado de trabalho

Quando conseguem emprego, as condições impostas aos negros são piores. Geralmente, essa parcela da população ocupa posições mais precárias e enfrenta maiores dificuldades de ascensão profissional. Apenas 2,1% dos trabalhadores negros, tanto homens quanto mulheres, ocupam cargos de direção ou gerência. Entre os homens não negros, essa proporção é de 5,5%.

Isso significa que apenas um em cada 48 trabalhadores negros está em cargo de direção ou gerência, enquanto entre os homens não negros, a proporção é de um para cada 18 trabalhadores.

A proporção de negros empregadores também é menor: 1,8% das mulheres negras eram donas de negócios que empregavam funcionários, enquanto entre as não negras, o percentual foi de 4,3%. Entre os homens negros, o percentual ficava em 3,6%; entre os não negros, a proporção foi de 7%.

Continua após a publicidade

A informalidade é mais prevalente entre os negros, com quase metade (46%) dos negros empregados ocupando trabalhos desprotegidos, como empregos sem carteira, trabalho autônomo ou com empregadores que não contribuem para a Previdência. Entre os não negros, essa proporção foi de 34%.

Uma em cada seis (15,8%) mulheres negras empregadas trabalha como empregada doméstica, uma das ocupações mais precarizadas em termos de direitos trabalhistas e reconhecimento. As trabalhadoras domésticas negras sem carteira recebem, em média, R$ 904 por mês, um valor R$ 416 abaixo do salário mínimo em vigor.

O levantamento também revelou que, mesmo quando comparados os rendimentos médios de negros e não negros na mesma posição ocupacional, os negros ganham, em média, 39,2% a menos que os não negros. Isso evidencia que, além das desigualdades de oportunidade, os negros enfrentam tratamento diferenciado no mercado de trabalho.

O Dieese destaca a necessidade de um amplo trabalho de sensibilização para que todas as políticas públicas sejam desenvolvidas e implementadas com o objetivo de combater as desigualdades, especialmente no mercado de trabalho. Enfatiza que embora o caminho seja longo, é fundamental percorrê-lo com determinação e agilidade.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
20°
Tempo limpo

Mín. 16° Máx. 29°

20° Sensação
1.54km/h Vento
60% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h34 Nascer do sol
05h45 Pôr do sol
Dom 30° 17°
Seg 30° 17°
Ter 30° 18°
Qua 29° 17°
Qui 31° 17°
Atualizado às 02h07
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,10 +0,00%
Euro
R$ 5,56 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,55%
Bitcoin
R$ 362,254,42 +0,10%
Ibovespa
128,150,71 pts -0.1%
Publicidade
Publicidade