15°C 26°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Variações do Dólar: um dia de reversões e estabilidade nos mercados

Variações do Dólar: um dia de reversões e estabilidade nos mercados

24/01/2024 às 09h29 Atualizada em 24/01/2024 às 12h29
Por: Leonardo Grandchamp
Compartilhe:
Foto: REUTERS / Mike Segar / Direitos Reservados
Foto: REUTERS / Mike Segar / Direitos Reservados

Após um início instável, com o dólar alcançando brevemente a marca de R$ 5, o cenário cambial deu uma reviravolta e encerrou o dia em queda, impulsionado por um alívio nos mercados internacionais e pela venda de divisas. O otimismo foi alimentado pelo desempenho positivo do minério de ferro, levando a bolsa de valores a uma recuperação expressiva de mais de 1%, revertendo as perdas do dia anterior.

Continua após a publicidade

O dólar comercial fechou esta terça-feira (23) cotado a R$ 4,955, registrando uma queda de R$ 0,028 (-0,66%). Após atingir R$ 5,002 logo após a abertura, a moeda norte-americana inverteu sua trajetória na primeira hora de negociação, ganhando ímpeto ao longo da tarde.

Leia também: 5 Curiosidades Sobre Vistos Para Os Estados Unidos

Mesmo com a queda de hoje, a moeda norte-americana ainda acumula um aumento de 2,14% em 2023. Nos últimos 11 dias, observou-se um incremento de 2,02%, impulsionado pelas expectativas de que os Estados Unidos adiarão a redução dos juros até maio.

No mercado de ações, o dia também foi marcado por um otimismo generalizado. O índice Ibovespa, da B3, encerrou aos 128.263 pontos, apresentando uma alta significativa de 1,31%. O destaque ficou por conta da recuperação no mercado internacional de minério de ferro, impulsionando as ações de empresas mineradoras.

Continua após a publicidade

Leia também: Conheça os 6 pecados do imigrante brasileiro quando chega aos Estados Unidos

Na segunda-feira (22), o dólar flertou com a marca de R$ 5 devido a preocupações sobre os possíveis impactos da nova política industrial nas contas públicas. No entanto, a terça-feira foi marcada por uma melhoria no cenário internacional e pela venda da moeda norte-americana, à medida que investidores buscaram realizar lucros.

No exterior, o índice de confiança do consumidor na zona do euro contrariou as previsões, caindo. O cenário geopolítico, principalmente no Oriente Médio, continua preocupante, refletindo-se em tristeza e incertezas quanto ao desfecho do conflito.

Aguardamos agora o comunicado pós-manutenção de juros pelo Fed na próxima semana para ajustar expectativas em relação ao início do ciclo de corte de juros nos Estados Unidos. Enquanto isso, o Brasil enfrenta a necessidade de demonstrar comprometimento fiscal para cumprir a meta do resultado primário, evitando possíveis rebaixamentos na nota de crédito.

Continua após a publicidade

Quanto ao cenário interno, o calendário econômico inclui a divulgação dos PMIs de janeiro nos EUA e na zona do euro, bem como o fluxo cambial estrangeiro no Brasil, fornecendo indicativos importantes para os próximos movimentos nos mercados.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
17°
Parcialmente nublado

Mín. 15° Máx. 26°

16° Sensação
1.96km/h Vento
63% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h37 Nascer do sol
05h43 Pôr do sol
Qua 27° 13°
Qui 29° 14°
Sex 29° 15°
Sáb 28° 18°
Dom 28° 17°
Atualizado às 02h06
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,17 +0,03%
Euro
R$ 5,62 +0,03%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,18%
Bitcoin
R$ 372,009,62 -2,58%
Ibovespa
124,495,68 pts 0.15%
Publicidade
Publicidade