18°C 27°C
Uberlândia, MG

DEFIS para Empresas do Simples Nacional: Detalhes e Prazos

DEFIS para Empresas do Simples Nacional: Detalhes e Prazos

22/02/2024 às 13h36 Atualizada em 22/02/2024 às 16h36
Por: Leonardo Grandchamp
Compartilhe:
Defis / Imagem freepik / editado por Jornal Contábil
Defis / Imagem freepik / editado por Jornal Contábil

O cumprimento das obrigações fiscais é uma parte essencial da gestão de qualquer empresa. No caso das Microempresas (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP) enquadradas no regime tributário do Simples Nacional, uma das obrigações fundamentais é a entrega da Declaração de Informações Socioeconômicas e Fiscais (DEFIS). Neste texto, vamos explorar os detalhes dessa obrigação acessória e os prazos para sua entrega.

Continua após a publicidade

O que é a DEFIS?

A Declaração de Informações Socioeconômicas e Fiscais do Simples Nacional (DEFIS) é uma obrigação acessória estabelecida para que as empresas enquadradas no Simples Nacional possam fornecer à Receita Federal dados econômicos e fiscais relevantes. Substituindo a antiga Declaração Anual do Simples Nacional (DASN), a DEFIS é exclusiva para Microempresas (ME) ou Empresas de Pequeno Porte (EPP) registradas no regime simplificado de tributação.

Leia também: DEFIS 2024: qual o prazo e quem precisa entregar?

Detalhes da DEFIS 2024

A DEFIS 2024 requer a apresentação de informações cruciais para a Receita Federal. Entre essas informações, destacam-se:

  • Ganhos de capital;
  • Número de empregados no início e no final do período;
  • Lucro contábil, se houver;
  • Identificação e rendimentos dos sócios;
  • Receitas provenientes de exportações;
  • Ganhos líquidos em operações de renda variável;
  • Doações para campanhas eleitorais.

Prazo de Entrega e Multas

O prazo final para a entrega da DEFIS 2024 é até às 23h59min (horário de Brasília) do dia 28 de março. É importante ressaltar que a entrega dentro do prazo estabelecido não acarreta multas em caso de atraso. No entanto, é crucial garantir o envio dentro do prazo para evitar complicações futuras.

Continua após a publicidade

Leia também: Simples Nacional: O Que Esperar Do MEI Em 2024?

Empresas Inativas e Situações Especiais

Empresas ME ou EPP que permaneceram inativas durante todo o ano-calendário devem informar essa condição na DEFIS. Além disso, em casos de situações especiais, como cisão, fusão, incorporação ou extinção, é necessário assinalar o campo correspondente e seguir os procedimentos adequados.

Como Enviar a DEFIS?

A transmissão da DEFIS é realizada pela internet, por meio do Portal do Simples Nacional, garantindo o compartilhamento eficiente de informações entre a Receita Federal do Brasil (RFB) e os órgãos de fiscalização estaduais e municipais. Empresas têm o direito de retificar a DEFIS sem necessidade de autorização prévia da administração tributária, seguindo os procedimentos específicos.

Leia também: Contadores E MEIs Se Tornam Alvos De Quadrilhas. Fique Esperto!

Continua após a publicidade

Conclusão

Em resumo, a entrega adequada da DEFIS é essencial para o cumprimento das obrigações fiscais e a transparência nos negócios. Empresas do Simples Nacional devem dedicar atenção aos prazos, procedimentos e detalhes específicos dessa obrigação acessória, a fim de evitar complicações futuras e garantir a conformidade com a legislação tributária vigente.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
22°
Parcialmente nublado

Mín. 18° Máx. 27°

22° Sensação
2.06km/h Vento
64% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h24 Nascer do sol
05h58 Pôr do sol
Seg 27° 17°
Ter 28° 20°
Qua 29° 21°
Qui 29° 18°
Sex 29° 17°
Atualizado às 21h40
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,20 +0,00%
Euro
R$ 5,55 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,55%
Bitcoin
R$ 356,963,24 +0,53%
Ibovespa
125,124,30 pts 0.75%