13°C 27°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Revisão de aposentadoria é direito do beneficiário

Uma revisão bem-sucedida pode resultar em um aumento no valor do benefício mensal

23/05/2024 às 07h56
Por: Ricardo de Freitas Fonte: Redação
Compartilhe:
Revisão de aposentadoria é direito do beneficiário
Revisão de aposentadoria é direito do beneficiário

A revisão da aposentadoria pode ser uma oportunidade para aposentados, pensionistas e beneficiários por incapacidade permanente ou temporária aumentarem o valor que recebem mensalmente do INSS. Se você tem dúvidas sobre o valor do seu benefício, saiba que é possível solicitar uma revisão. Em alguns casos, os reajustes podem ultrapassar 50%, o que representa uma significativa melhoria na renda.

Continua após a publicidade

Há diversas situações em que a revisão pode ser solicitada. Veja os casos mais comuns:

1. Erro no cálculo inicial: se houve algum erro na concessão do benefício, como a inclusão incorreta de salários de contribuição ou períodos de trabalho.

2. Inclusão de tempo especial: reconhecimento de períodos trabalhados em condições insalubres ou perigosas que não foram contabilizados adequadamente.

3. Alterações legislativas: mudanças na legislação que possam influenciar positivamente o cálculo do benefício.

Continua após a publicidade

4. Revisão de pensão por morte: correção de valores que possam estar defasados ou incorretos no caso de pensões por morte.

A advogada e especialista em previdência social, Elizangela Pimentel Alves explica que antes de pedir a revisão, o beneficiário deve verificar se há fundamentos para a revisão e os procedimentos a serem seguidos. Para isso, ela reforça que é necessária uma análise detalhada dos documentos relacionados ao histórico de trabalho e contribuições, incluindo carteiras de trabalho, guias de recolhimento, contratos de trabalho, laudos médicos, entre outros.

Depois é feita a verificação se todos períodos de trabalho foram considerados corretamente, especialmente aqueles em condições especiais. O próximo passo é o cálculo do benefício, que é aconselhável, quando possível contar com a ajuda de um profissional especializado na área. Feitas estas etapas, deve formalizar o pedido de revisão junto ao INSS e fazer a gestão e acompanhamento.

"Há casos que a pessoa conseguiu seus direitos e assim melhorar o benefício em até 50% e receber o retroativo, mas para isso, é necessária uma análise individual. Também temos de ter o cuidado de entrar com pedidos infundados, porque fará a pessoa perder tempo e recursos. Outro fator de atenção é o prazo para a solicitação da revisão, que em muitos casos é de até 10 anos a partir da data de concessão do benefício", fala a especialista que é membro da Comissão de Direito Previdenciario da Seccional da OAB Jabaquara.

Continua após a publicidade

Uma revisão bem-sucedida pode resultar em um aumento no valor do benefício mensal, corrigindo injustiças e assegurando o recebimento pelo tempo e condições de trabalho desempenhadas ao longo da vida profissional.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
25°
Tempo limpo

Mín. 13° Máx. 27°

25° Sensação
6.69km/h Vento
38% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h43 Nascer do sol
05h43 Pôr do sol
Sex 28° 16°
Sáb 28° 15°
Dom 28° 15°
Seg 29° 15°
Ter 29° 15°
Atualizado às 15h07
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,37 -0,78%
Euro
R$ 5,76 -1,44%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,82%
Bitcoin
R$ 378,717,73 -2,39%
Ibovespa
119,567,53 pts -0.31%
Publicidade
Publicidade