13°C 27°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Contador está entre as profissões com maior risco de estresse e depressão

A rotina deste profissional que trabalha com muita pressão, prazos e metas contribui para um quadro ruim de saúde

28/05/2024 às 15h53
Por: Ana Luzia Rodrigues
Compartilhe:
Imagem freepik
Imagem freepik

Os profissionais contábeis estão entre os profissionais mais propensos ao estresse e à depressão, de acordo com uma notícia publicada pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC). O risco à saúde dos trabalhadores pode se dar por vários fatores como a constante atenção e concentração exigidas, e elevada pressão por cumprimento de prazos.

Continua após a publicidade

Dessa maneira, é possível relacionar a forma que as atribuições e responsabilidades impostas a estes profissionais, em suas diferentes áreas de atuação, afetam sua saúde mental. 

O profissional contábil e suas atribuições

Em meio a crises econômicas, trabalhar com as finanças tanto pessoais quanto empresariais representam um fator de estresse maior, sobretudo para os profissionais da contabilidade. Os profissionais desta área possuem grandes responsabilidades ao gerenciarem as finanças de seus clientes, onde a desatenção de um pequeno detalhe pode trazer grandes consequências financeiras e até mesmo jurídicas. 

Dessa forma, pode-se observar que com todas as atribuições e responsabilidades desta categoria, assim como todas essas informações e cobranças podem afetar a saúde mental, é preciso ficar atento. Isso ocorre para que não haja excessos nas atividades diárias que se estendam por longos períodos, e, dessa forma, não passem a ser prejudiciais à vida profissional.

É preciso entender que quanto mais prolongada for uma jornada de trabalho na qual um trabalhador necessite concentrar sua atenção, maior será o cansaço tanto físico quanto mental.

Continua após a publicidade

Infelizmente estes profissionais são acometidos por um agravamento do estresse cotidiano exatamente pela necessidade de estar em constante adaptação e pelo grande acúmulo de tarefas e responsabilidades colocadas em suas mesas diariamente. 

Esgotamento e estresse

As exigências da Receita Federal, que hoje são o principal motivo de atenção da maioria dos profissionais contábeis, e as evoluções tecnológicas ocorrem em uma velocidade que a categoria não consegue acompanhar. O resultado é um profissional esgotado física e psicologicamente.

Não é à toa que a rotina de um contador é tida como a mais estressante. Por exemplo, o eSocial (Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas) é um ferramenta que exige adaptação técnica e maior atenção às informações fornecidas devido ao cruzamento completo de todos os dados prestados. 

Ao mesmo tempo, as dúvidas colocam os setores tributários e fiscais em lugar de destaque no organograma empresarial, no centro da tomada de decisões e do tratamento de informações. Esta dinâmica pode servir de exemplo do protagonismo que vem sendo assumido pelo profissional contábil na dinâmica empresarial e, paralelamente, do peso que recai sobre as suas costas.

Continua após a publicidade

Ambiente de trabalho e sua influência

Entenda que um ambiente de trabalho pesado, muitas vezes, pode contribuir para aumentar o nível de tensão dos colaboradores. Nesse sentido, criar uma atmosfera descontraída, com distribuição equilibrada das tarefas, pode ser o segredo para manter a saúde mental dos funcionários. 

Neste sentido, o empregador ao constatar a presença mais expressiva de transtornos psicológicos no ambiente profissional, precisa acender um sinal de alerta. 

Afinal, é importante saber identificar os primeiros sinais de que algo está em desequilíbrio. Assim como acontece com as doenças físicas, tratar o emocional da equipe o quanto antes pode ser determinante para uma melhoria no desempenho corporativo, nos negócios e na qualidade de vida.

Como agir no trabalho e prevenir o estresse

Algumas empresas/escritórios têm investido em soluções para diminuir o estresse no ambiente de trabalho, melhorando a qualidade de vida de sua equipe e mantendo-a saudável, motivada e produtiva. Algumas dessas ações realizadas normalmente não exigem grandes investimentos financeiros. Veja as dicas.

1. Melhore a comunicação

A má comunicação desmotiva os colaboradores e pode causar diversos conflitos dentro da organização, como fofocas, ressentimentos e especulações.

Portanto, é preciso descobrir a melhor maneira de conversar com a equipe. Por exemplo, comunique-se por meio de feedbacks que permitam ao profissional analisar seu desempenho e ter mais segurança quanto ao emprego.

2. Mantenha uma boa alimentação

Não permita que os profissionais  trabalhem durante o momento do almoço. Esse momento é muito importante para que o funcionário  descanse a cabeça por um tempo e interaja com outros colegas.

Atender ao telefone para resolver assuntos do trabalho durante o tempo de intervalo, conversar com os demais companheiros somente sobre assuntos referentes à empresa e não conseguir se desligar dos compromissos,são fortes indícios de ter altos níveis de estresse no ambiente de trabalho.

Nesse sentido, buscar manter uma alimentação saudável e sem grandes intervalos entre uma refeição e outra, pois a falta de equilíbrio do corpo e uma saúde frágil podem piorar o estresse e desencadear uma série de outros problemas de ordem física e emocional.

3. Momentos de descontração

Incentivar a interação entre os colaboradores e proporcionar um ambiente menos estressante é muito importante.

Ações simples como a comemoração dos aniversariantes na última sexta do mês, gincanas, trabalhos solidários e palestras motivacionais, por exemplo, diminuem o desgaste do dia a dia. Além disso, trazem bons resultados para a melhoria do desempenho da equipe e aumentam a sensação dos funcionários de que os gestores realmente valorizam a equipe.

4. Incentivar a prática de atividades físicas 

As atividades físicas ajudam a diminuir a ansiedade do dia a dia e são um excelente parceiro no combate à depressão. Durante as atividades físicas, o funcionário pode conhecer pessoas, se divertir, cuidar da saúde, quebrar a rotina, descobrir novos hobbies, além de muitos outros benefícios que proporcionam bem-estar e diminuem o estresse.

Nessa linha, é possível incentivar a realização de atividades físicas de forma mais descontraída, promovendo uma competição de perda de peso, ou sorteando entre os funcionários que alcancem metas uma mensalidade na academia, por exemplo.

A empresa pode entrar em contato com organizações que oferecem planos de passe livre em academias como forma de diminuir custos e disponibilizar um local bem equipado sempre perto para o funcionário se exercitar. 

Dessa forma, a empresa incentiva tanto a prática de atividades físicas quanto o aumento da produtividade com alívio do estresse e do esgotamento mental.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
25°
Tempo limpo

Mín. 13° Máx. 27°

25° Sensação
6.69km/h Vento
38% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h43 Nascer do sol
05h43 Pôr do sol
Sex 28° 16°
Sáb 28° 15°
Dom 28° 15°
Seg 29° 15°
Ter 29° 15°
Atualizado às 15h07
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,37 -0,76%
Euro
R$ 5,77 -1,41%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,84%
Bitcoin
R$ 379,196,41 -2,29%
Ibovespa
119,567,53 pts -0.31%
Publicidade
Publicidade