16°C 29°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Recupera Mais: programa do Governo de SC garante que 12 mil contribuintes paguem dívidas com o Estado

Estado já resgatou R$ 798 milhões em dívidas de ICMS em atraso; Valores restantes serão arrecadados em pagamentos parcelados até 2030Planejado para...

07/06/2024 às 10h01
Por: Mariana Santos de Freitas Fonte: Secom SC
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom SC
Foto: Reprodução/Secom SC

Estado já resgatou R$ 798 milhões em dívidas de ICMS em atraso; Valores restantes serão arrecadados em pagamentos parcelados até 2030

Planejado para ser o maior programa de recuperação fiscal da história de Santa Catarina, o Recupera Mais encerrou o prazo de renegociações no último dia 31 com números que superaram as expectativas: já foram recuperados R$ 798 milhões para o caixa estadual e a previsão é de que ocorra o pagamento de outros R$ 2,7 bilhões em dívidas de ICMS até 2030. Inicialmente, o Governo do Estado tinha a expectativa de recuperar R$ 1,5 bilhão em impostos não pagos, a maior parte já inscrita em dívida ativa. 

Somando os pagamentos à vista e parcelados, os R$ 3,5 bilhões renegociados superam em mais de 8 vezes a quantia recuperada pelo Prefis lançado pela Governo de SC em 2021 (R$ 420 milhões). Quase 12 mil contribuintes aderiram às condições especiais de renegociação oferecidas durante os quatro meses e meio de vigência do Recupera Mais (veja os números abaixo).

“O sucesso do programa mostra o interesse dos empreendedores catarinenses em deixar suas contas em dia para operar dentro da legalidade. São negócios que vão continuar mantendo empregos de pais e mães de família e contribuir ainda mais para a economia de Santa Catarina”, destaca o governador Jorginho Mello.

A maior adesão ao Recupera Mais partiu do setor supermercadista (8%), seguido pelos segmentos de fabricação de biocombustíveis (7%) e do comércio de combustíveis (7%). O comércio atacadista de cosméticos e produtos de perfumaria (6%) e o transporte rodoviário de cargas (5%) também tiveram participações expressivas nas renegociações.

Alternativas inéditas e flexíveis– Secretário de Estado da Fazenda, Cleverson Siewert lembra que o Recupera Mais trouxe alternativas inéditas e flexíveis para o pagamento de ICMS em atraso. Foi a primeira vez, por exemplo, que os contribuintes tiveram a opção de obter desconto de até 95% sobre a multa e os juros (pagamento à vista) e a oportunidade parcelar a dívida em até 72 prestações.

“As condições foram definidas a partir de estudos dos programas de recuperação fiscal realizados nas últimas duas décadas em Santa Catarina. Buscamos conhecer o perfil e a realidade dos contribuintes listados em dívida ativa para recuperar recursos que dificilmente entrariam em caixa sem as condições especiais oferecidas. Esses valores vão se somar à receita do Estado e serão revertidos em serviços, obras e políticas públicas importantes para os catarinenses”, avalia.

Conforme definido no projeto que instituiu o programa, o Recupera Mais representou a única iniciativa de recuperação fiscal da atual gestão. É importante destacar ainda que o atraso no pagamento de três parcelas, sucessivas ou não, resultará no cancelamento do acordo e na reconstituição do saldo devedor, incluindo os juros e multa.

BALANÇO

Arrecadação entre 15 de janeiro e 31 de maio

R$ 798 milhõesem caixa

R$ 569 milhõespagos à vista

R$ 229 milhõesem parcelas já pagas

Total em parcelas a receber até 2030:R$ 2,7 bilhões

3.487contribuintes pagaram à vista

8.266contribuintes pagaram a prazo

Total:11.753 contribuintes

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA

Rosane Felthaus (48) 3665-2504

Roelton Maciel (48) 3665-2504

[email protected]

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Uberlândia, MG
25°
Tempo limpo

Mín. 16° Máx. 29°

24° Sensação
2.97km/h Vento
35% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h45 Nascer do sol
05h45 Pôr do sol
Qua 29° 17°
Qui 30° 16°
Sex 31° 16°
Sáb 32° 18°
Dom 32° 17°
Atualizado às 10h06
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,76%
Euro
R$ 5,82 +0,48%
Peso Argentino
R$ 0,01 +1,24%
Bitcoin
R$ 353,961,39 +2,90%
Ibovespa
122,345,35 pts -0.24%
Publicidade
Publicidade