16°C 29°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Revisão da Vida Toda: como adaptar sua aposentadoria após decisão do STF

Procurar alternativas para investir e fazer render a aposentadoria é fundamental

07/06/2024 às 10h42
Por: Ana Luzia Rodrigues
Compartilhe:
Revisão da Vida Toda / Imagem Freepik
Revisão da Vida Toda / Imagem Freepik

Há alguns meses, o Supremo Tribunal Federal (STF) voltou a julgar um tema de bastante relevância para os aposentados. Em pauta estava a possibilidade de permitir o recálculo de aposentadorias considerando todas as contribuições dos trabalhadores. Trata-se da chamada “Revisão da Via Toda”. E esta foi negada prejudicando milhões de brasileiros.

A manutenção atual dos cálculos, que segue os parâmetros estabelecidos pela Reforma da Previdência, baseia-se em 60% das maiores contribuições. Essa definição continua afetando diretamente a renda futura de quem planeja se aposentar. 

Diante deste cenário, é urgente que se pense em novas estratégias para garantir um futuro financeiro estável e adaptar o orçamento a essa nova decisão da Suprema Corte.

Como funciona a Revisão da Vida Toda?

As contribuições efetuadas ao INSS antes de julho de 1994 não entravam na base de cálculo para determinar o valor do benefício previdenciário.

Após 1999, a regra de transição determinou que o salário do benefício deve ser calculado sobre a média das 80% maiores contribuições existentes de 7/1994 em diante.

Desse modo, os segurados que ganharam valores mais altos antes de 1994, que possuíam poucas contribuições após 1994 ou que começaram a ganhar menos, saíram prejudicados.

Aprovada em 2022 pelo STF, a Revisão da Vida Toda possibilitava incluir as maiores contribuições feitas ao INSS antes de julho de 1994 no cálculo previdenciário. Todavia, isso agora não pode mais.

Quem tinha direito a Revisão da Vida Toda?

A revisão podia ser requisitada judicialmente pelos aposentados que tiveram seus benefícios concedidos entre 29 de novembro de 1999 e 12 de novembro de 2019 e que têm contribuições anteriores a julho de 1994.

Destinava-se a quem recebia aposentadoria por tempo de contribuição, por idade, por invalidez, especial, além da pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente ou salário-maternidade.

Quais as consequências da não aprovação da Revisão da Vida Toda?

Ao negar a modificação do cálculo total dos salários ao longo da vida profissional para a definição do benefício, o STF reforça uma sistemática que pode diminuir o valor da aposentadoria de quem tinha salários maiores nos primeiros anos de trabalho. 

Com isso, um número significativo de profissionais poderão se aposentar com benefícios menores do que o esperado.

Como se planejar a partir de agora?

Diante das mudanças confirmadas pela decisão do STF, torna-se muito importante adotar medidas estratégicas e bem direcionadas para a preparação de uma aposentadoria confortável e segura. 

Portanto, algumas atitudes precisam ser tomadas desde já. Afinal é importante pensar no amanhã. 

Um primeiro passo é se informar. Busque ajuda de consultores financeiros que podem dar dicas valiosas e ajudar a montar um plano estratégico para a sua aposentadoria.

Outra alternativa é investir na previdência privada. Pode ser uma alternativa para complementar a aposentadoria pública, cujos valores podem não ser suficientes para caber no orçamento familiar.

Por fim, a última dica é diversificar seus investimentos. Busque opções de investimentos de longo prazo que podem garantir melhores rendimentos futuros.

Para quem pretende se aprofundar e compreender as nuances da previdência e como as recentes mudanças afetam o planejamento para a aposentadoria, é fundamental buscar fontes confiáveis de informação. 

Busque as plataformas digitais especializadas e a consultoria de especialistas em finanças pessoais são essenciais para quem busca orientações práticas e eficazes.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Uberlândia, MG
25°
Tempo limpo

Mín. 16° Máx. 29°

24° Sensação
2.97km/h Vento
35% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h45 Nascer do sol
05h45 Pôr do sol
Qua 29° 17°
Qui 30° 16°
Sex 31° 16°
Sáb 32° 18°
Dom 32° 17°
Atualizado às 10h06
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,77%
Euro
R$ 5,82 +0,47%
Peso Argentino
R$ 0,01 +1,25%
Bitcoin
R$ 351,784,60 +2,25%
Ibovespa
122,426,79 pts -0.17%
Publicidade
Publicidade