16°C 29°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Posso receber BPC/LOAS e Bolsa Família ao mesmo tempo?

Entenda as regras de ambos os benefícios e veja se é possível acumular

10/06/2024 às 15h33
Por: Ana Luzia Rodrigues
Compartilhe:
BPC e Bolsa família / Imagem Divulgação
BPC e Bolsa família / Imagem Divulgação

Se você é beneficiário do BPC-LOAS e também recebe o Bolsa Família, é importante entender as regras e possibilidades de acumulação desses benefícios.

O BPC-LOAS destina-se a pessoas de baixa renda, com deficiência ou idosos com 65 anos ou mais que não possuam condições de prover o próprio sustento ou tê-lo provido por suas famílias. Já o Bolsa Família é um programa de transferência de renda que busca combater a pobreza e a vulnerabilidade social, concedendo auxílio financeiro às famílias em situação de extrema pobreza.

Mas será que é possível receber ambos ao mesmo tempo? Vamos esclarecer essa questão agora.

Quem pode receber o Bolsa Família?

O Bolsa Família é um programa voltado às famílias em situação de pobreza e extrema pobreza. Desse modo, são consideradas elegíveis as famílias que:

  • Estão inscritas no Cadastro Único (CadÚnico);

  • Têm renda per capita de até R$ 218, consideradas em situação de extrema pobreza ou;

  • Têm renda per capita entre 105,01 e R$210. Desde que em sua composição familiar haja, pelo menos, uma pessoa gestante, nutriz ou com até 21 anos de idade incompletos. Esse grupo é considerado em situação de pobreza.

Quem tem direito ao BPC?

O Benefício de Prestação Continuada tem como público-alvo as pessoas com deficiência e idosos a partir de 65 anos de idade em situação de vulnerabilidade social. Portanto, para ter acesso ao benefício é necessário cumprir alguns requisitos, são eles:

  • Estar inscrito no Cadastro Único, bem como os familiares que vivem na mesma residência;

  • Possuir renda mensal per capita igual ou menor a ¼ do salário mínimo, que em 2023 corresponde a R$330;

  • Não receber algum outro tipo de benefício de seguridade social, como aposentadoria, Seguro-Desemprego ou pensão por morte, por exemplo;

  • No caso de pessoas portadoras de deficiência, é necessário passar por uma avaliação médica e social do INSS.

Quem recebe BPC pode acumular o Bolsa Família?

Anteriormente isso não era possível. Só se permitia receber o BPC concomitantemente com assistência médica ou pensão especial de natureza indenizatória.

Todavia, em junho de 2023, com a publicação da Lei Federal n° 14.601 passou a permitir o acúmulo do BPC/LOAS com o Bolsa Família, desde que se encaixem nos critérios estabelecidos por ambos os programas, como renda máxima mensal e demais obrigatoriedades do governo federal.

Isso porque, divide-se a renda total familiar pela quantidade de pessoas que integram o núcleo, logo, se não ultrapassar o valor máximo, é possível solicitar o Bolsa Família e recebê-lo.

É fundamental que a família informe corretamente a situação de acumulação de benefícios aos órgãos responsáveis, como o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e a Secretaria Nacional de Renda de Cidadania (Senarc). 

A omissão ou a informação incorreta pode acarretar em problemas futuros, como a suspensão ou o cancelamento dos benefícios.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Uberlândia, MG
25°
Tempo limpo

Mín. 16° Máx. 29°

24° Sensação
2.97km/h Vento
35% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h45 Nascer do sol
05h45 Pôr do sol
Qua 29° 17°
Qui 30° 16°
Sex 31° 16°
Sáb 32° 18°
Dom 32° 17°
Atualizado às 10h06
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,44 +0,96%
Euro
R$ 5,83 +0,69%
Peso Argentino
R$ 0,01 +1,44%
Bitcoin
R$ 357,085,04 +3,60%
Ibovespa
122,133,75 pts -0.41%
Publicidade
Publicidade