Pente fino do INSS: veja como evitar o corte do seu benefício

0

Pelo menos 170 mil segurados que recebem o benefício do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) estão na mira do pente-fino que será realizado ainda este ano.

Neste grupo, estão aqueles que recebem aposentadorias, pensões e principalmente, o auxílio doença. A iniciativa tem como objetivo evitar o pagamento indevido, além de reduzir os gastos da Previdência Social, assim, novos segurados podem ser beneficiados. 

Para isso, o INSS informou que fará a convocação dos segurados através de cartas enviadas ao endereço do segurado, que consta no cadastro do instituto. Além disso, pode contar com a ajuda das instituições financeiras que são responsáveis pelo pagamento dos benefícios. 

As convocações também poderão ser feitas por meio de publicação de um edital no Diário Oficial da União. Desta forma, a orientação é se preparar para o pente-fino. Então, veja neste artigo como evitar o corte do seu benefício. 

Pente fino INSS

Antes de falarmos sobre os procedimentos que você deve fazer para evitar que seu benefício seja suspenso ou cancelado, saiba que o pente-fino do INSS se trata de uma revisão que se tornou recorrente e está prevista pela Lei nº 13.846, de junho de 2019. 

Ela regulamenta a revisão regular de benefícios por incapacidade concedidos sem a perícia médica.

Foto original do Fotógrafo: Henry da Silva Milleo

Além disso, o texto também prevê o pagamento de um bônus aos servidores do INSS que agilizarem a análise dos procedimentos, a fim de verificar se os pagamentos estão beneficiando aqueles segurados que realmente precisam do amparo da Previdência Social.

Mas, desta vez, o pente-fino também será realizado com o objetivo de diminuir os gastos da autarquia previdenciária, para que novos beneficiários sejam incluídos na folha de pagamentos.

Isso é necessário principalmente devido às mudanças nos critérios de concessão do BPC (Benefício de Prestação Continuada), visto que abrangerá maior número de pessoas com deficiência e pessoas idosas com mais de 65 anos. 

Como funciona?

A documentação de cada segurado já beneficiado será novamente analisada pelo INSS, para que sejam encontradas situações irregulares e que impedem a continuidade do pagamento.

Os cadastros que estão desatualizados também são alvos do pente-fino. Diante disso, o INSS notificará os cidadãos que se encontram nesta situação. 

Como evitar?

Os beneficiários devem ficar atentos ao portal Meu INSS e a orientação é de que atualizem todos os seus dados cadastrados junto ao instituto, como endereço, telefones de contatos e demais dados necessários.

Então, se o INSS encontrar algum problema nos seus dados, você receberá a notificação, mas não se desespere. O segurado terá o prazo de 60 dias a partir do comunicado para regularizar sua situação, mas o ideal é entrar em contato com o INSS o quanto antes.

A regularização será feita através de novos documentos que comprovem a necessidade de receber o benefício, como laudos médicos, exames recentes e receitas atualizadas, nos casos de benefícios por incapacidade. 

Isso será feito através agendado atendimento pelo site ou aplicativo Meu INSS. Em caso de haver a necessidade, o INSS também orientará que o segurado faça o agendamento da perícia médica.

Outra opção é entrar em contato com a Central de Atendimento do INSS através do número 135. Vale ressaltar que, os segurados que não fizerem o contato com o instituto terão o benefício cancelado.

Neste caso, será preciso fazer novamente todo o procedimento de solicitação de benefício previdenciário.

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Por Samara Arruda