Piauí inicia construção de 50 casas para famílias em situação de extrema pobreza

O Governo do Estado está realizando a primeira ação voltada para a construção de moradia digna da região.

Compartilhe
PUBLICIDADE

A Agência de Desenvolvimento Habitacional (ADH) iniciou a construção de 50 unidades habitacionais para famílias que vivem em situação de extrema pobreza na Serra do Inácio, que está localizada entre as cidades de Paulistana, Betânia do Piauí e Curral Novo do Piauí.

Gilvana Gayoso, diretora-geral da ADH, assinou a ordem de serviço na semana passada e os trabalhos já foram iniciados, na última segunda-feira (30 de maio), pela Empresa RJC Serviços e Construções LTDA-ME, vencedora da licitação.

O Governo do Estado está realizando a primeira ação voltada para a construção de moradia digna da região por meio da ADH. 

Nesta primeira etapa, 50 famílias foram beneficiadas e os recursos são oriundos do Fundo de Combate à Pobreza (Fecopi). A moradia é composta por dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço.

De acordo com Gilvana Gayoso, “Trata-se  de um projeto piloto, uma iniciativa da governadora Regina Sousa para essa região de difícil acesso e carente de ações governamentais”.

Em 2021, uma equipe do Serviço Social da ADH esteve no local realizando o levantamento socioeconômico  e voltou com um relato da  situação de pobreza das famílias da região.

Segundo com o levantamento, os casebres não possuíam a mínima condição de  moradia, não tinham água ou luz. Participaram do trabalho, as assistentes sociais da ADH, Socorro Tabatinga, Gabriela Neiva e Fátima Oliveira.

“Diminuir o déficit habitacional é um dos maiores desafios que o governo tem pela frente, porque o Governo do Estado não tem recursos próprios para a produção de moradia. É necessário uma ação do Governo Federal voltada para a população carente de moradia digna” finaliza a diretora.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação