Restaurantes comunitários reabrem nesta quarta-feira (22) no Distrito Federal

Depois de uma pausa para o Carnaval, todas as 14 unidades do DF voltam ao funcionamento normal.

Compartilhe
PUBLICIDADE

A Quarta-Feira de Cinzas marcou a volta de todos os 14 restaurantes comunitários do Distrito Federal ao funcionamento. Depois de uma pausa para o feriadão de Carnaval, o dia começou cedo nas nove unidades que servem café da manhã. Não eram nem 7h30 quando os primeiros clientes chegaram à Estrutural.

“O dia amanheceu chuvoso, bom para tomar um café quentinho”, comentou a dona de casa Maria Cristineide da Silva, 40 anos. Juntamente com a filha Eduarda e a neta, Dulce Maria, a moradora da Estrutural comeu cuscuz com queijo e maçã. “Estava uma delícia. A gente frequenta o restaurante comunitário quase todos os dias – a comida é gostosa e barata”.

A média diária de refeições servidas pela unidade da Estrutural no café da manhã fica em 400. No almoço, o número sobe para 1.800. “O dia da feijoada é o mais concorrido, o pessoal gosta bastante”, contou a nutricionista do restaurante, Leidiane Santana. “Procuramos fazer uma comida balanceada, com pouco sal e pouca gordura, para atender todo tipo de público, inclusive diabéticos e hipertensos”.

O tempero das preparações fica por conta de produtos naturais e orgânicos, como cheiro-verde, cebolinha, alecrim, louro e orégano. Sabor que acerta em cheio o paladar do pedreiro Edvaldo Costa, 38 anos. “Não é em qualquer lugar que consigo comer algo saudável e gostoso ao mesmo tempo”, observou o morador da Estrutural. “Meus pratos preferidos são a rosca de queijo, no café, e a carne ao molho, no almoço”.

Leia mais: Distrito Federal Disponibiliza 9,5 Mil Vagas Em 40 Cursos Profissionalizantes Gratuitos

Cronograma de refeições no Estado

Além da Estrutural, os restaurantes de Brazlândia, Ceilândia, Paranoá, Samambaia, São Sebastião, Sobradinho, Planaltina e Sol Nascente servem café da manhã por R$ 0,50, das 7h às 8h30, e almoço a R$ 1, das 11h às 14h. Já as unidades do Gama, Itapoã, Recanto das Emas, Santa Maria e Riacho Fundo abrem apenas para o almoço.

O número de refeições servidas pelos restaurantes comunitários aumentou cerca de 53% nos últimos quatro anos. Em 2019, foram 6,5 milhões, quantidade que cresceu para 7 milhões em 2020 e chegou a aproximadamente 10 milhões em 2022.

O cardápio oferecido pelos restaurantes comunitários pode ser consultado pela internet, tanto para o desjejum quanto para o almoço. Confira aqui o endereço de todas as unidades.

Fonte: Agência Brasília

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação