RS distribui 35 mil doses de vacina contra covid-19 para crianças de 5 a 11 anos nesta quarta (1°)

Na sexta (3), está prevista a chegada de 380 mil unidades para faixa etária de 6 meses a 4 anos.

Compartilhe
PUBLICIDADE

A Secretaria Estadual da Saúde (SES) realiza, na quarta-feira (1/2), a distribuição de 35 mil doses de vacinas contra a covid-19 para crianças de cinco a 11 anos. O lote de Pfizer pediátrica foi entregue ao Estado nesta terça-feira (31/1) e será utilizado para a segunda dose e reforço desta faixa etária.

Cerca de 148 mil crianças dessas idades estão com a segunda dose em atraso no Estado, não completando assim o esquema primário de vacinação. O prazo recomendado entre a primeira e segunda dose é de oito semanas. O intervalo entre a segunda dose e o reforço deverá ser a partir de quatro meses.

Leia mais: Covid-19: 19 milhões ainda não tomaram a 2ª dose da vacina contra a doença

Aumento da proteção

A orientação da dose de reforço para crianças de cinco a 11 anos considera estudos científicos que apontam um aumento da proteção com a dose complementar. De acordo com o Ministério da Saúde, para a análise da recomendação de dose de reforço para esse público, entre outros critérios, foi observado o aumento dos níveis de anticorpos depois da aplicação da dose complementar. No estudo clínico, as crianças avaliadas apresentaram aumento de seis vezes no número de anticorpos após a dose de reforço. O reforço da vacina da Pfizer também se mostrou eficaz contra a variante Ômicron, com aumento de 36 vezes na produção de anticorpos nessa faixa etária.

Pfizer Baby

Na sexta-feira (3/2), está prevista a chegada de um lote de 380 mil doses de vacinas Pfizer Baby, recomendada para crianças de seis meses a quatro anos. A distribuição ocorrerá na próxima semana.

Desse total, inicialmente serão repassadas aos municípios 120 mil doses para a aplicação de primeiras doses. As demais ficarão armazenadas com a SES, reservadas para a segunda e terceira doses desse público.

Leia mais: OMS opta por manter covid-19 como emergência global em saúde pública

O esquema primário prevê a aplicação de três doses. Entre as duas primeiras deve haver um intervalo de quatro semanas, e a terceira precisa ser aplicada oito semanas após a segunda.

Vacinação infantil contra covid-19 no RS

População estimada de cinco a 11 anos: 964.268

1ª dose: 682.058 (70,7%)
2ª dose: 495.147 (51,3%)*
* 2ª dose atrasada (em 31/1/23): 148.167

Fonte: Governo do Estado do Rio Grande do Sul

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação