Secretarias de Justiça e da Educação certificam 15 detentos no Piauí

Compartilhe
PUBLICIDADE

A Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) entregou certificados de microempreendedor individual para reeducandos da Colônia Agrícola Major César Oliveira, em Altos nesta terça-feira (22 de março), por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), em parceria com a Secretaria de Educação (Seduc).

No total, 15 detentos foram capacitados para administrar seus próprios negócios após deixarem o sistema prisional.

De acordo com Jurema Chaves, diretora de Humanização da Sejus, a profissionalização é realizada em parceria com a Seduc desde 2017, e já oportunizou a formação profissional de muitos reeducandos e reeducandas.

“É um projeto que tem gerado muitos benefícios para as pessoas que estão privadas de liberdade. São cursos que, talvez, eles não teriam oportunidade de ter acesso fora do sistema penitenciário. Além de garantir o direito à diminuição de pena, eles sairão da unidade penal capacitados e prontos para serem inseridos na sociedade” afirmou.

Maria Aparecida Franco, coordenadora adjunta do Projeto Novos Caminhos da Seduc, destacou a importância da parceria entre as secretarias e comemorou mais uma turma profissionalizada.

“É um momento de muita gratidão. É o momento que colhemos os frutos que plantamos ao longo do processo. Temos mais seis turmas que iremos finalizar até setembro deste ano, nas quais teremos mais detentos qualificados para o mercado de trabalho”.

Para Adão de Sousa, que foi um dos reeducandos da Colônia Agrícola, o projeto é uma oportunidade para que ele e os colegas que estão privados de liberdade possam recomeçar suas vidas de uma forma digna.

“O caminho da liberdade começa pela educação. A educação é que nos leva a ter conhecimento para colocarmos em prática tudo o que aprendemos. É a oportunidade para que tenhamos uma vida melhor, recomeçar e progredir. Quero aproveitar para agradecer por esta oportunidade que nos foi dada”.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação

Jornal Contábil