Segurança de empreendimentos online: Se proteja!

Na medida que a operação online cresce, os recursos destinados ao aperfeiçoamento da segurança dos negócios nunca devem ser vistos como gastos

Compartilhe
PUBLICIDADE

O principal atrativo de iniciar um negócio online está no alcance que é possível ter no ambiente digital, seja por meio de uma loja própria ou pelos marketplaces que oferecem um ambiente consolidado para pequenos e médios empreendedores. Entretanto, ter um negócio online também significa estar sujeito a ataques cibernéticos que, mesmo com os avanços nos sistemas de segurança, continuam acontecendo. 

Ao contrário do que muitos pensam, esse tipo de ocorrência não é uma exclusividade dos grandes players do mercado. Uma pesquisa realizada pela Kaspersky,  empresa voltada para a cibersegurança, mostra que, em 2022, foi registrado um aumento de 140% na quantidade de ataques digitais direcionados às PMEs no Brasil, sejam eles por meio do roubo de senhas ou até mesmo de golpes que envolvam ameaças internas, quando dados corporativos são roubados por ex-funcionários, por exemplo.

Leia também: Veja 4 Dicas Para E-Commerces Garantirem Uma Experiência De Compra Online Segura!

Além de proporcionar riscos internos e prejuízos financeiros aos negócios, uma loja que sofre com ataques também repercute de forma negativa na imagem e no posicionamento da marca. Podemos usar de exemplo o mundo real.  As pessoas passam a ter receio de frequentar um estabelecimento se o mesmo foi assaltado recentemente. O mesmo também acontece no ambiente virtual, e este pode ser um tremendo obstáculo para que negócios de pequeno e médio porte escalem.

Leia também: Para O E-Commerce, Mais Do Que Vender, O Desafio É Entregar Bem!

Com isso, é claro que os empreendedores devem priorizar a segurança de seus negócios, mesmo que isso envolva um investimento extra. Ferramentas que automatizam e realizam a segurança, armazenando as senhas de maneira eficaz, por exemplo, são ótimos métodos de se resguardar nesse cenário de tamanha exposição.

Imagem: kjpargeter / freepik

Também há certificações que comprovam que sua loja virtual é de fato segura. O Certificado SSL, sigla para Secure Sockets Layer, é um deles. De modo geral, ele garante uma transferência de dados e comunicação criptografados, garantindo mais segurança para vendedor e comprador.

A partir do SSL, os sites passam a utilizar uma outra extensão de segurança, o HTTPS. Portanto, para as lojas que diariamente realizam grande fluxo de transmissão de informações sensíveis, como dados pessoais e de pagamentos, o SSL é fundamental. As lojas que possuem essa segurança possuem a imagem de um cadeado ao lado da URL no navegador. Esse simples detalhe é muito valioso para os clientes que estão acessando sua página, pois eles sabem que estão em um ambiente seguro, e isso diminui o receio dos clientes em cadastrar os dados do cartão de crédito na hora de realizar o processo de compra

Há outras medidas que podem ser tomadas e para contribuir com a segurança dos negócios, como a conscientização de colaboradores e clientes; manter sistemas operacionais e antivírus atualizados; adotar o uso de senhas fortes contendo letras, números e caracteres especiais; evitar o compartilhamento de senhas entre usuários; sempre que possível optar por múltiplos fatores de autenticação; marcar os sites como favoritos e sempre observar o cadeado ao lado da barra de endereços e estar atento aos casos de Phishing por e-mail e canais de mensagens instantâneas

Além de deixar o negócio mais atrativo para os clientes, o fator “segurança” também surte impacto muito positivo quando o empreendedor decide prospectar parcerias para o negócio, servindo como um degrau essencial para o crescimento da marca e o aumento da receita.

Na medida que a operação online cresce, os recursos destinados ao aperfeiçoamento da segurança dos negócios nunca devem ser vistos como gastos. Como vimos, empreendedores têm à disposição inúmeras ferramentas de automatização para todos os aspectos da gestão dos negócios, e com certeza a segurança é um destes pontos cruciais. 

Por Marcelo Navarini é Diretor do Bling, sistema de gestão da Locaweb Company. 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação