Trabalhador autônomo pode pagar o INSS?

Trabalhador autônomo saiba como contribuir para o INSS

Como todos já sabem, contribuir para o INSS traz vários benefícios para os segurados. E com certeza seria injusto fazer com que somente os trabalhadores de carteira assinada usufruíssem desses benefícios.

Por isso o INSS abre suas portas e deixa autônomos e até mesmo desempregados fazerem suas contribuições e conquistarem aposentadorias e vários outros benefícios.

Vamos te mostrar como isso é possível.

Como o trabalhador autônomo pode contribuir para o INSS?

Os autônomos se encontram na categoria de contribuinte individual que poderá pagar o INSS com pagamentos mensais ou trimestrais.

O valor é calculado nas seguintes porcentagens:

  • 20% sobre o valor da sua remuneração (1 salário ou mais);
  • 11% sobre o salário-mínimo;

Para pagar o INSS como autônomo em 2022, você precisa seguir três passos simples:

  • Localize ou descubra seu número no Programa de Integração Social (PIS) ou Número de Identificação do Trabalhador (NIT).
    • Esse é o seu código de cadastro autônomo na previdência social.
    • O número está indicado na página de identificação da Carteira de Trabalho ou você pode solicitar pelo telefone 135 e no site da Previdência Social;
  • Escolha a forma de contribuição de acordo com o valor que você pode pagar e com os benefícios que vai receber.
    • Os planos de contribuição têm um código e você deve usá-lo na hora de preencher a Guia da Previdência Social (GPS);
  • Preencha ou emita a GPS, o boleto de recolhimento do INSS que você vai pagar todo mês ou a cada três meses.
    • Você pode emitir a GPS no site da Previdência Social ou comprar o carnê do INSS em papelarias e bancas de jornais. Atente-se ao código e aos dados preenchidos na guia para evitar qualquer problema. 

Códigos de contribuição para autônomos

Existem dois tipos de contribuições:

  • Código 1007: o valor da contribuição será de 20% do salário, limitado ao teto da previdência de R$ 7.087,22 deste ano. O trabalhador que contribui nessa modalidade poderá ter direito a uma aposentadoria maior que um salário mínimo.
  • Código 1163: a contribuição deve ser de 11% do salário mínimo. Nesse caso, o benefício recebido pelo trabalhador ao se aposentar será equivalente a um salário mínimo.

Benefícios do INSS para contribuintes autônomos?

Veja os principais:

  • Aposentadoria por tempo de contribuição;
  • Aposentadoria por idade e invalidez;
  • Reabilitação profissional;
  • Salário maternidade;
  • Pensão por morte;
  • Auxílio-acidente;
  • Auxílio-reclusão;
  • Auxílio-doença;
  • Salário família.

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Comentários estão fechados.