Vantagens da antecipação de recebíveis para pagar o 13° dos funcionários

Vallus Capital, fintech de fomento, explica os benefícios de utilizar esse método financeiro.

0

Dezembro chegou e com ele vem a última parcela do pagamento do 13° salário. Esse benefício é concedido a trabalhadores registrados e ajuda nas despesas de final e início de ano.

No entanto, para as empresas esse é um gasto maior e diante das dificuldades enfrentadas em 2020 devido a pandemia, pode se tornar um problema.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a crise do coronavírus afetou negativamente 62,4% das 2,8 milhões de empresas em funcionamento.

Os dados confirmam também que os mais impactados foram as empresas de pequeno porte, com até 49 funcionários.

“A lei prevê que o pagamento deve ser feito, mas com esse cenário econômico de incertezas, pode colocar a saúde da organização em risco, fazendo com que após o 13° alguns cortes sejam realizados, e até mesmo a ocorrência de novas demissões”, explica Caio Mastrodomenico, CEO da Vallus Capital.

“A oneração do caixa nesse período para pagamento dos ordenados pode deixar a empresa sem Capital de giro, e consequentemente sem Capital financeiro para aquisição de mercadorias, para deixar o estoque cheio para as vendas do final de ano”.

Por isso, uma das soluções que podem facilitar a vida desses empresários é a utilização da antecipação de recebíveis, na qual, ele pode pegar o valor integral para pagar o salário dos seus funcionários e arcar com os custos das despesas suplementares.

FGTS

Os programas compensatórios de auxílio de renda extra e fomento empresarial para pagamento de salários por parte do governo, terão fim ainda esse mês, deixando o caixa das empresas dependentes apenas do desempenho no mercado, o que pode gerar uma baixa liquidez financeira imediata.

Antecipar os recebíveis é a maneira mais rápida e barata para melhorar o fluxo de caixa e reduzir o float financeiro no recebimento das vendas.

“Essa decisão é muito sábia e inteligente nesse momento, pois é um modo fácil de organizar financeiramente todas as despesas, sem prejudicar nenhum colaborador, que entendemos ser uma das partes mais essenciais da empresa, e que trabalha tanto, pensando no seu desenvolvimento e no do ambiente corporativo, e que não pode ser afetado”, finaliza o CEO.

A Vallus Capital é uma empresa de fomento mercantil, criada pelo empresário Caio Mastrodomenico no início de 2020.

Dica Extra do Jornal Contábil: Você gostaria de trabalhar com Departamento Pessoal?

Já percebeu as oportunidades que essa área proporciona?

Conheça o programa completo que ensina todas as etapas do DP, desde entender os Conceitos, Regras, Normas e Leis que regem a área, até as rotinas e procedimentos como Admissão, Demissão, eSocial, FGTS, Férias, 13o Salário e tudo mais que você precisa dominar para atuar na área.

Se você pretende trabalhar com Departamento Pessoal, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um profissional qualificado.