6 alternativas de profissões para quem tem mais de 50 anos

Veja algumas oportunidades do mercado de trabalho para pessoas “mais velhas”. 

Compartilhe
PUBLICIDADE

Nos dias de hoje é comum que pessoas evitem largar seus empregos, por mais que insatisfeitos, devido a uma idade avançada para as exigências do mercado de trabalho. É uma verdade que pode ser uma tarefa difícil encontrar novas oportunidades, a partir de uma certa faixa etária, entretanto, nunca se é velho demais para ter outras perspectivas profissionais. 

Infelizmente, ainda é costumeiro se deparar com empresas que oferecem certas resistência em contratar pessoas “mais velhas”. Em grande parte, isto deve-se a preconceitos e ao lucro principalmente, inevitavelmente acumular dinheiro sempre vai ser uma questão. 

Em suma, pessoas com mais idade estão mais próximas da aposentadoria, logo, quando chegar esse momento, poderão encerrar seu contrato e receber todas as verbas rescisórias que lhe são garantidas. Ademais, é comum pensar que este grupo terá mais problemas de saúde em comparação a jovens trabalhadores, o que incidirá em afastamentos, e ausências nas atividades, de modo geral. 

No entanto, mesmo que gradativamente, a filosofia do mercado vem mudando, de modo que certas visões preconceituosas estão sendo mais discutidas e, consequentemente, transformadas. Além disso, experiência, qualificações e especializações, são requisitos essenciais para o exercício de algumas profissões e, em geral, competem a pessoas com uma trajetória mais longa, no âmbito dos estudos e do trabalho.  

De todo modo, também nunca é tarde para explorar algo novo, considerando que aprender e acumular experiências não são ações exclusivas dos mais jovens. Dito isso, separamos aqui uma lista de profissões ideias para os quarentões e cinquentões que desejam fazer uma transição na carreira. 

6 profissões ideais para quem tem mais idade

  1. Motorista: para quem gosta de dirigir, essa é uma excelente e vasta alternativa, dado que pode-se optar em ser um motorista de aplicativo, ônibus, caminhão, particular, entre outros; 
  2. Corretor: direcionado aos que amam vendas, e disponibiliza a oportunidade de atuar como autônomo, ou seja, sem receber ordens de alguém com um cargo acima; 
  3. Guia turístico: voltado às pessoas que gostam de se comunicar e colecionar novas experiências. Além disso, é uma área em constante crescimento no Brasil; 
  4. Professor: para aqueles que são apaixonados pela educação, em especial, quando o assunto é ensinar. Esta é uma das profissões mais nobres e essenciais da sociedade, que exige formação, mas como dito, nunca é tarde para aprender; 
  5. Escritor: quem tem facilidade para colocar grandes ideias no papel, pode optar por essa profissão, que também pode estar enquadrada no espectro do trabalho autônomo. Escritores possuem um vasto leque de opção para atuar no mercado; 
  6. Gerente de projetos: por fim, nesta alternativa o que irá contar é a experiência, além de outras habilidades necessárias, tais como: liderança, comunicação, negociação e organização.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação