Dois benefícios começam a ser pagos nesta semana, o primeiro deles é o saque emergencial do Fundo de Garantia (FGTS) o outro é o abono salarial do PIS/Pasep, se você quer saber como receber e quanto você poderá sacar, acompanhe!

Abono salarial PIS/Pasep

O abono salarial do PIS/Pasep começa a ser liberado aos brasileiros está semana. De acordo com o o Ministério da Economia o pagamento do PIS/Pasep 2020 é referente ao ano-base 2019.

Os trabalhadores das empresas privadas tem direito ao PIS que seguirá uma ordem de pagamento de acordo com o mês de aniversário. Já para os servidores públicos será pago o PASEP, o Pasep é repassado de acordo com o último dígito do número de inscrição.

Os pagamentos começam nesta terça-feira, 30, para quem for correntista da Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil. Aos demais participantes o abono começa a ser pago no dia 16 de julho.

Seguindo o cronograma de pagamentos recebem este ano de 2020 os brasileiros nascidos entre julho a dezembro. Os brasileiros que nasceram entre janeiro e junho vão poder receber apenas em 2021. Servidores públicos com final de inscrição de 0 a 4 recebem este ano e aqueles com final de 5 a 9 ficam para o ano que vem.

Vale lembrar que quem receber o benefício apenas em 2021 receberá o valor reajustado de acordo com o novo valor do salário mínimo.

Confira a seguir a tabela de valores à receber com o período de tempo trabalhado

Meses trabalhadosValor à receber
1 mêsR$ 88,00
2 mesesR$ 175,00
3 mesesR$ 262,00
4 mesesR$ 349,00
5 mesesR$ 436,00
6 mesesR$ 523,00
7 mesesR$ 610,00
8 mesesR$ 697,00
9 mesesR$ 784,00
10 mesesR$ 871,00
11 mesesR$ 958,00
12 mesesR$ 1.045,00

Calendário

Calendário do PIS para quem trabalhou em empresa privada, respeitando o mês de nascimento do trabalhador:

Mês de nascimentoRecebe a partir de
Julho16 de Julho de 2020
Agosto18 de Agosto de 2020
Setembro15 de Setembro de 2020
Outubro14 de Outubro de 2020
Novembro17 de Novembro de 2020
Dezembro15 de dezembro de 2020
Janeiro19 de Janeiro de 2021
Fevereiro19 de Janeiro de 2021
Março11 de Fevereiro de 20201
Abril11 de Fevereiro de 2021
Maio17 de Março de 2021
Junho17 de Março de 2021

O PIS será sacado nas agências da Caixa, caixas eletrônicos e lotéricas, sendo necessário o Cartão Cidadão e senha cadastrada. Para quem não tem o Cartão Cidadão, será necessário se dirigir à uma agência da Caixa com um documento de identificação com foto.

Para quem tem conta na Caixa, com movimentação e saldo acima de R$ 1,00, o dinheiro cai automaticamente em conta.

Calendário do PASEP para os servidores públicos, respeitando o número final da inscrição:

  • Final da inscrição 0: recebem a partir de 16 de julho de 2020
  • Final da inscrição 1: recebem a partir de 18 de agosto de 2020
  • Final da inscrição 2: recebem a partir de 15 de setembro de 2020
  • Final da inscrição 3: recebem a partir de 14 de outubro de 2020
  • Final da inscrição 4:recebem a partir de 17 de novembro de 2020
  • Final da inscrição 5: recebem a partir de 19 de janeiro de 2021
  • Final da inscrição 6 e 7: recebem a partir de 11 de fevereiro de 2021
  • Final da inscrição 8 e 9: recebem a partir de 17 de março de 2021

Os servidores públicos recebem o PASEP nas agências do Banco do Brasil (BB). Para quem não possui conta no banco, terá que ir até a uma agência do BB, levando documento oficial com foto.

Saque emergencial do FGTS

Conforme o calendário divulgado pela Caixa, o calendário do saque emergencial do FGTS terá início nesta segunda-feira, 29. A sistemática dos repasses será a mesma utilizada pelo governo no pagamento do auxílio emergencial.

De acordo com as divulgações da Caixa, o saque emergencial do FGTS começam a ser pagos hoje, 29. O governo irá utilizar a mesma sistemática de pagamentos do Auxílio Emergencial, onde dois calendários foram divulgados, o primeiro diz respeito aos pagamentos que vão ser feitos primeiro em conta poupança social digital da Caixa e em seguida o calendário para saque em dinheiro e transferência para outros bancos.

Ao todo, estima-se que mais de 60 milhões de brasileiros sejam beneficiados com a medida.

Vale lembrar que caso o trabalhador não queira sacar o FGTS, basta selecionar a opção “Solicitar o cancelamento do saque”. Feito esse pedido, o dinheiro retorna para o Fundo. Vale lembrar que o trabalhador precisa avisar com pelo menos 10 dias de antecedência caso não deseja realizar o saque, se deixar passar o prazo de pelo menos dez dias, o trabalhador irá receber o saldo.

Calendário

Veja a seguir o calendário do FGTS emergencial, segundo o mês de aniversário do trabalhador:

Mês de nascimentoCrédito em contaSaque ou transferência
Janeiro29 de junho25 de julho
Fevereiro6 de julho8 de agosto
Março13 de julho22 de agosto
Abril20 de julho5 de setembro
Maio27 de julho19 de setembro
Junho3 de agosto3 de outubro
Julho10 de agosto17 de outubro
Agosto24 de agosto17 de outubro
Setembro31 de agosto31 de outubro
Outubro8 de setembro31 de outubro
Novembro14 de setembro14 de novembro
Dezembro21 de setembro14 de novembro