CadÚnico: Atualize os dados para aproveitar os benefícios da ID Jovem

A ID Jovem é concedida àqueles que estão inscritos no CadÚnico e, assim, podem obter meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos.

Mesmo diante das restrições necessárias ao enfrentamento da pandemia, a inclusão e atualização de dados no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cadastro Único) não foi interrompida. Sendo assim, os cidadãos podem contar com esse serviço.

Isso também vale para os jovens de baixa renda, estudantes ou não, que pretendem emitir a Identidade Jovem (ID Jovem). 

A ID Jovem é concedida àqueles que estão inscritos no CadÚnico e, assim, podem obter meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos.

Também são concedidas vagas gratuitas ou com desconto no sistema de transporte coletivo interestadual. Então, continue conosco e saiba como atualizar seus dados ou fazer a sua inscrição para aproveitar esses benefícios.

CadÚnico

O Cadastro Único é uma ferramenta que permite que o governo conheça a realidade socioeconômica da população. Isso porque reúne informações das famílias que estão em situação de vulnerabilidade social. Por isso, mesmo durante a pandemia, a inscrição no Cadastro Único está mantida. 

A orientação é de que sejam “seguidos os procedimentos e conceitos definidos por normas do Ministério da Cidadania para inscrição e atualização cadastral”, afirmou a Secretária Nacional do Cadastro Único (SECAD), Nilza Emy Yamasaki.

Sendo assim, o cidadão deve procurar o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou a Prefeitura do município onde reside. 

Cadastro e atualização

Algumas prefeituras exigem que você agende o seu cadastramento, então tente planejar com antecedência, e saber como funciona essa ação na sua cidade.

Para o cadastro, tenha em mãos seus documentos pessoais e de todos os integrantes da família. Dentre aqueles que costumam ser solicitados, estão:

  • CPF;
  • RG;
  • Título de eleitor;
  • carteira de trabalho;
  • certidão de nascimento;
  • comprovante de residência;

Se você já possui o CadÚnico, deve verificar se precisa ser atualizado. Isso acontece nas seguintes situações: 

  • alguém na família nasceu ou morreu;
  • a família mudou de endereço; 
  • alguém foi morar em outro lugar; 
  • as crianças entraram ou mudaram de escola; 
  • alguém passou a ganhar mais ou menos na família; 
  • a família mudou de cidade;

Portanto, também é necessário levar os documentos pessoais e solicitar a atualização dos dados. Para garantir que o CadÚnico esteja sempre em dia, faça a atualização a cada dois anos.

Quem pode ter a ID Jovem?

Depois de fazer a inscrição ou atualização no Cadastro Único, o jovem deve aguardar até 45 dias para emitir a ID Jovem. Confira a seguir se você atende aos requisitos para solicitar a ID Jovem:

  • ter entre 15 e 29 anos, 
  • estar inscrito no Cadastro Único, 
  • ter renda familiar total de até dois salários mínimos,
  • estar com dados atualizados há pelo menos 24 meses no Cadastro Único.

Como obter a ID Jovem?

O interessado deve acessar a plataforma ID Jovem que está disponível para celulares e computadores. Isso é feito através do Número de Identificação Social (NIS). Caso não saiba, é possível consultar os dados cadastrais no aplicativo Meu CadÚnico

Depois, basta informar todos os dados solicitados pelo sistema que irá analisar o pedido. Após a emissão, o documento virtual tem validade de 180 dias, sendo assim é necessário emitir novo cartão, por meio do site do programa.

Por: Samara Arruda 

Comentários estão fechados.